Questões de Territórios Internacionais - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|
 

Questões Territórios Internacionais

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Ufpr-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:"O furacão Isabel perdeu força, mas continuava a ser uma tempestade forte que, na terça-feira, se locomovia pelo oceano Atlântico rumo à costa leste dos EUA, informaram os meteorologistas. Os ventos máximos do Isabel chegavam agora a 185 quilômetros por hora. Na direção e velocidade atuais, o furacão atingiria o estado da Carolina do Norte na quinta-feira e depois rumaria para o norte, passando perto de Washington, disse o Centro Nacional de Furacões dos EUA em Miami, Estados Unidos." (Agência Reuters. Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2003.)

Essa é uma notícia comum, sobre furacões que passam pelo Caribe e alcançam os EUA, fazendo parte da dinâmica atmosférica. Sobre o tema, é correto afirmar:
(01) A atmosfera tem uma dinâmica própria e está sempre em movimento, de acordo com as diferenças de pressão e temperatura do ar sobre distintas áreas da superfície terrestre.
(02) Os ventos sopram de áreas de baixa pressão para áreas de alta pressão.
(04) Os furacões ou ciclones tropicais são gigantescos redemoinhos atmosféricos, nos quais os ventos giram com enorme violência em torno de um centro de baixa pressão.
(08) As monções são ventos resultantes da diferença de pressão existente entre grandes massas continentais e os oceanos, mudando periodicamente de direção, conforme as estações do ano.
(16) Os ventos que sopram nas regiões intertropicais do norte e do sul em direção à linha do equador apresentam um desvio devido ao movimento de rotação da Terra.

Soma ( )



resposta:01 + 04 + 08 + 16 = 29

vestibular Ufsc-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Leia atentamente:

21 de Maio de 2003: um terremoto de 7,6 graus na escala Richter atingiu Boumerdes, a 50 quilômetros da capital Argel, na Argélia, matando cerca de 2000 pessoas e ferindo aproximadamente 7000.

29 de Maio de 2003: comemorado o cinqüentenário da chegada ao topo do Everest, a montanha mais alta do mundo, localizada entre o Nepal e o Tibet, na cordilheira do Himalaia, pelo neozelandês Edmund Hillary e o nepalês Tenzing Norgay.

Observe o mapa a seguir:

MAPA DAS PLACAS TECTÔNICAS

(imagem abaixo)

Fonte: ANTUNES, Celso. "Aprendendo com mapas". São Paulo: Scipione [s.d.].

1 - Placa do Pacífico
2 - Placa de Cocos
3 - Placa de Nazca
4 - Placa das Caraíbas
5 - Placa Sul-Americana
6 - Placa Norte-Americana
7 - Placa Africana
8 - Placa Arábica
9 - Placa Indo-Australiana
10 - Placa Antártica
11 - Placa Filipina
12 - Placa Eurasiana

Considerando os acontecimentos acima, o mapa das placas tectônicas e os conhecimentos sobre a dinâmica terrestre, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

(01) O território brasileiro apresenta como principal característica o predomínio da ação dos agentes internos da dinâmica terrestre, cuja maior conseqüência é a presença maciça de dobramentos modernos.
(02) O tectonismo, os abalos sísmicos e o vulcanismo são agentes internos do relevo, sendo que os dois últimos constituem fenômenos que, dependendo da intensidade e do local onde ocorrem, trazem graves conseqüências à vida das pessoas, como aconteceu na Argélia.
(04) A área onde se encontra o Everest e aquela onde está localizada a Argélia situam-se em regiões de placas tectônicas nas quais os abalos sísmicos, o tectonismo e o vulcanismo são freqüentes.
(08) A instabilidade dos terrenos nas bordas das placas tectônicas é resultado da ação de forças internas cujos reflexos, alguns lentos e outros rápidos e catastróficos, são sentidos na superfície do planeta.
(16) A cordilheira do Himalaia, onde se situa o pico do Everest, assim como os Andes na América do Sul, as montanhas Rochosas na América do Norte e os Alpes no sul da Europa correspondem a dobramentos modernos da era Cenozóica.

Soma ( )


resposta:02 + 04 + 08 + 16 = 30

vestibular Pucmg-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Observe o gráfico a seguir. Ele representa a distribuição média da precipitação ao longo da superfície terrestre. Com base nessas informações, assinale a alternativa INCORRETA.
(imagem abaixo)

a) Existe uma expressiva correlação entre o volume pluviométrico médio precipitado e a tropicalidade do clima, o que pode ser explicado pela eficiência dos processos convectivos na geração da chuva.
b) As regiões situadas em torno de 30° de latitude correspondem a áreas de baixo volume pluviométrico e coincidem com zonas de altas pressões atmosféricas, o que explica a ocorrência dos grandes desertos subtropicais do planeta.
c) As zonas de menor volume pluviométrico correspondem às regiões polares, o que pode ser explicado pelo excessivo resfriamento do ar e sua baixa capacidade de retenção de umidade.
d) O volume pluviométrico médio precipitado é decrescente das altas para as baixas latitudes do planeta, o que pode ser explicado pela importância da abundância de energia nos processos de evaporação e transporte de umidade.


resposta:[D]

vestibular Pucmg-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:Clima Intenacional
pergunta:Considerando-se a escala de 1:25000 e a grade formada em quadrículas de 1cm × 1cm, a área do polígono representado abaixo é de:
(imagem abaixo)

a) 875.000 m£
b) 250.000 m£
c) 87 Km£
d) 125 Km£


resposta:[A]

vestibular Pucpr-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:Clima Intenacional
pergunta:Observe as representações do continente africano, realizadas por meio das projeções de Mercator e de Peters.
(imagem abaixo)

(Adaptado de Oswald Freyer - Eimbeke, p. 40)

Assinale a alternativa correta:
a) Na projeção de Peters, as distâncias entre os paralelos crescem à medida que se afastam do Equador, gerando um aumento exagerado das áreas localizadas próximas aos pólos.
b) A projeção de Mercator não se presta para a comparação de superfícies ou para medir distâncias, uma vez que foi criada para atender às necessidades de navegação do século XVI.
c) Tanto a projeção de Mercator como a de Peters falseiam a superfície dos continentes, seja pela deformação latitudinal (Mercator) ou pela deformação longitudinal (Peters).
d) Por situar a África no centro, a projeção de Peters torna a África maior do que de fato ela é, se comparada aos demais continentes.
e) Os mapas de Peters e de Mercator, por se tratarem de projeções cilíndricas, não causam nenhuma deformação na representação de qualquer região do globo terrestre em um plano.


resposta:[B]

vestibular Pucpr-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Observe no mapa as margens do Mar Vermelho, a costa nordeste da África e a costa arábica. Essa observação nos permite deduzir que as terras continentais racharam, se abriram e se afastaram, deslocando-se em direções opostas e possibilitando a formação e a expansão do mar.
(imagem abaixo)

(Adaptado de COELHO, Marcos de Amorim. "Geografia geral". São Paulo: Moderna, 1997.)

A respeito da movimentação das placas da litosfera, assinale a alternativa correta:
a) As cordilheiras mesoceânicas ou dorsais se formam sobre os locais de colisão entre placas tectônicas de diferentes densidades.
b) A movimentação das placas que se afastam nas margens opostas de um mar, como no caso do Mar Vermelho, está relacionada com a dinâmica das correntes marinhas na região.
c) A área mais estável de uma placa tectônica é o seu centro, como no caso da localização do Brasil, distante das duas bordas das placas, por isso mesmo, livre de grandes terremotos e de atividade vulcânica na atualidade.
d) As fossas oceânicas e seu mundo abissal, desprovido de luz e com raras formas de vida, marcam os locais onde a nova crosta é gerada a partir da emissão do magma e da expansão do assoalho marinho e o conseqüente afastamento dos continentes.
e) Desde há muitos milhões de anos, a região dos grandes lagos na África Oriental constitui uma região de grande estabilidade tectônica, não existindo nela vulcanismo ou qualquer outra movimentação da crosta.


resposta:[C]

vestibular Pucpr-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Leia com atenção o texto a seguir:

"Sobre as cidades paira uma abóbada climática própria, dentro da qual as propriedades do conteúdo, temperatura, umidade e vento atmosféricos distinguem-se de certa forma do clima regional dominante. Em grandes cidades, com um milhão de habitantes ou mais, o clima alterado paira de 50 a 300 metros acima do solo e se estende dezenas de quilômetros a barlavento."
(DREW, David. "Processos interativos homem - meio ambiente". Rio de Janeiro: Bertrand-Brasil, 1989.)

Em relação ao fenômeno tratado no texto, assinale a alternativa correta:
a) O fenômeno referido no texto tem abrangência planetária: trata-se do "aquecimento global", que se manifesta pelo aumento das temperaturas médias dos diferentes locais da Terra, devido sobretudo ao crescimento da industrialização, à circulação dos meios de transporte e às queimadas nas florestas tropicais.
b) As alterações da atmosfera urbana mencionadas no texto são decorrentes da desintegração de parte da camada de ozônio situada especificamente sobre as metrópoles mundiais.
c) O fenômeno tratado no texto diz respeito à formação de uma zona anticiclonal na atmosfera das grandes cidades, a partir de onde se deslocam massas de ar que seguem para zonas de menor pressão atmosférica.
d) A "abóbada climática" mencionada no texto independe de se situar sobre área urbana ou rural, pois ela se forma de acordo com o deslocamento dos ventos.
e) O fenômeno ao qual o texto se refere é a "ilha de calor", próprio das grandes cidades e que é originado principalmente pela presença de indústrias, pela frota de veículos e pela impermeabilização do solo urbano, de modo que a temperatura numa metrópole tende a aumentar à medida que nos afastamos dos bairros mais arborizados e nos dirigimos ao centro da cidade.



resposta:[E]

vestibular Puc-rio-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:Hidrografia Internacional
pergunta:O volume de água subterrânea que ocupa os vazios existentes nas formações rochosas ou na camada da rocha já decomposta pelo intemperismo depende de vários fatores. O fator que NÃO interfere no volume d água subterrânea é:
a) o tipo de rocha.
b) a cobertura florestal.
c) a velocidade dos ventos.
d) a inclinação do relevo.
e) o regime das chuvas.



resposta:[C]

vestibular Pucrs-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Se duas cidades, A e B, estiverem sobre a Linha do Equador, nas longitudes 150 Oeste e 150 Leste, elas terão, em relação a outras duas cidades, C e D, localizadas nas mesmas longitudes, porém sobre o Círculo Polar Ártico,
a) a mesma distância em metros, pois as latitudes são iguais.
b) a distância, em metros, maior, pois os meridianos convergem para os pólos.
c) a distância, em graus, diferente, pois nos pólos não há paralelos.
d) a distância, em metros, menor, pois a Terra é achatada ao longo da linha do Equador.
e) a distância, em graus, diferente, pois as longitudes são as mesmas.



resposta:[B]

vestibular Pucrs-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Duas cidades, A e B, possuem uma diferença horária de uma hora entre elas. Considerando que pela cidade A passa o Meridiano de Greenwich, é correto supor que as cidades A e B são, respectivamente,
a) Los Angeles e Nova York.
b) Londres e Paris.
c) Roma e Istambul.
d) Dakar e Nairobi.
e) San Diego e Tegucigalpa.



resposta:[B]

vestibular Pucrs-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:
pergunta:Os desertos, paisagens distribuídas em todo o globo, ocorrem por razões que diferem conforme o local em que se encontram. O Deserto do Saara, situado na África, e o Deserto do Colorado, situado nos Estados Unidos da América do Norte, têm como causa principal, respectivamente,
a) altas altitudes e continentalidade.
b) proximidade com o Oceano Pacífico e baixas pressões.
c) correntes marinhas frias e elevadas altitudes.
d) alta pressão atmosférica e encostas de sotavento.
e) baixas latitudes e correntes marinhas frias.



resposta:[D]

vestibular Ufc-2004
tópico:Territórios Internacionais

sub-grupo:Clima Intenacional
pergunta:A linguagem cartográfica é essencial à geografia. Neste âmbito, considere as afirmações adiante.

I. O mapa é uma reprodução idêntica da realidade.
II. São elementos que compõem os mapas: escala, projeção cartográfica, símbolo ou convenção e título.
III. A escala é a relação entre a distância ou comprimento no mapa e a distância real correspondente à área mapeada.

Considerando as três assertivas, pode-se afirmar corretamente que:
a) apenas I é verdadeira
b) apenas II é verdadeira.
c) apenas III é verdadeira.
d) apenas I e III são verdadeiras.
e) apenas II e III são verdadeiras.



resposta:[E]