questões de vestibulares
|

 
REF. Pergunta/Resposta
vestibular Ufmg-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:Considerando-se o II Reinado brasileiro, é CORRETO afirmar que
a) a alternância, no comando do Estado, entre os dois principais partidos do período expressava o poder e a vontade política do Imperador.
b) a dissolução do Conselho de Estado, à época, foi compensada com a criação do cargo de Presidente do Conselho de Ministros.
c) a eliminação do Poder Moderador para a implementação do parlamentarismo "às avessas" estabilizou, então, o regime.
d) o fortalecimento das elites locais nas Províncias permitiu, então, que fossem aprovadas leis de caráter descentralizador.

resposta:[A]

vestibular Ufmg-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:Leia este trecho de documento: Pela presente, por um de nós escrita e por ambos assinada, declaramos que, desejando comemorar por um ato digno da Religião de Cristo, o redentor, e de humanidade, o aniversário que hoje celebramos, e atendendo aos serviços que já tem nos prestado o pardo Sabino, nosso escravo, temos de comum acordo e de muita nossa livre e espontânea vontade, resolvido conferir ao mesmo, como conferimos, a sua liberdade, podendo conduzir-se como se de ventre livre fosse nascido: com a cláusula porém de continuar a servir-nos, ou a pessoa por qualquer de nós designada, ainda por espaço de cinco anos a partir desta data. (Registro de uma carta de liberdade conferida, em 1866, pelo Dr. Agostinho Marques Perdigão Malheiro e sua mulher ao pardo Sabino. Citado por CHALHOUB, Sidney. "Visões da liberdade". São Paulo: Companhia das Letras, 1990. p.140.) Com relação à conjuntura histórica em que foi abolida a escravidão e com base nas informações contidas nesse trecho, é CORRETO afirmar que
a) a extinção da escravidão se deu de forma abrupta, sendo que as elites abolicionistas optaram por uma estratégia radical de enfrentamento com a Coroa, o que causou grandes traumas sociais.
b) as soluções encontradas para o problema da escravidão não escaparam ao controle político da Igreja Católica, que acabou impondo aos fiéis da elite uma teoria particular do abolicionismo.
c) o debate sobre a abolição trouxe à tona as ambigüidades das atitudes políticas de uma parte da elite brasileira, que julgava o ato de emancipação uma benesse, pela qual o ex-escravo deveria pagar.
d) os problemas ligados à escravidão se atenuaram ao longo do século XIX, quando o crescimento das revoltas escravas suprimiu conflitos entre os negros e as elites rurais.

resposta:[C]

vestibular Ufmg-2002
questões de História (não classificadas)

sub-grupo:
pergunta:Leia estes trechos, que expressam algumas das principais correntes de pensamento do século XIX: I. Ora, o que distingue a revolução francesa, e o que a torna um acontecimento único na história, é que ela é radicalmente má; nenhum elemento de bem alivia o olhar do observador; é o mais alto grau de corrupção conhecido; é a pura impureza. II. A essência do sistema capitalista está, pois, na separação radical entre o produtor e os meios de produção. Esta separação torna-se cada vez mais acentuada e numa escala progressiva, desde que o sistema capitalista se estabeleceu. III. O Estado foi sempre patrimônio de qualquer classe privilegiada: classe sacerdotal, nobiliárquica, classe burguesa. O Estado ergue-se ou cai quase como uma máquina, mas o fundamental é que, para sua salvação e existência, haja sempre qualquer classe social privilegiada que se interesse pela sua existência. Os trechos I, II e III podem ser associados, RESPECTIVAMENTE,
a) ao conservadorismo, ao marxismo e ao anarquismo.
b) ao idealismo, ao nacionalismo e ao darwinismo.
c) ao romantismo, ao positivismo e ao liberalismo.
d) ao cientificismo, ao saint-simonismo e ao nihilismo.

resposta:[A]

vestibular Ufmg-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica
pergunta:Leia este texto referente ao Arraial de Canudos: O arraial foi crescendo num ritmo espantoso, à custa tanto da vizinhança, quanto de pontos longínquos do sertão: de Pernambuco, do Piauí, do Ceará, de Alagoas, de Sergipe, de Minas Gerais e até de São Paulo. A zona nordestina, porém, dava-os em maior quantidade e a mais atingida pelo êxodo era a região das secas e das fazendas de criação. No seu apogeu calculava-se em oito mil a quantidade de habitantes do Império de Monte Belo. Sua composição era heterogênea [...] Tipos físicos os mais diversos; raros os brancos puros, os negros puros; em grande e maioria toda sorte de mestiços [...] Econômica e socialmente eram em sua maioria indivíduos de algumas posses. (QUEIROZ, Maria Isaura Pereira de. "O messianismo no Brasil e no mundo". São Paulo: Alfa-Omega, 1976. p.229-230.) Com base na leitura desse trecho, é INCORRETO afirmar que o temor dos proprietários de terra e das autoridades políticas com a movimentação em torno de Antônio Conselheiro relacionava-se
a) à desestabilização social e política associada à adesão de famílias de criadores e sitiantes, que não relutavam em se desfazer de seus bens para se juntar ao Conselheiro.
b) à fuga de mão-de-obra das fazendas, com a conseqüente adesão de famílias inteiras, que migravam para o arraial com o objetivo de ir viver junto com o "messias".
c) à prosperidade econômica do arraial, que crescia e se transformava num centro comercial ativo, devido à concentração de pessoas que vinham de todas as partes.
d) ao desvio crescente de recursos financeiros dos grupos industriais emergentes da região de Canudos para outras partes do País, onde não havia ameaça de convulsão social.

resposta:[D]

vestibular Ufmg-2002
questões de História (não classificadas)

sub-grupo:Primeira Guerra Mundial
pergunta:Leia estes trechos de depoimentos de ex-combatentes da Primeira Grande Guerra: Uma certa ferocidade surge dentro de você, uma absoluta indiferença para com tudo o que existe no mundo, exceto o seu dever de lutar. Você está comendo uma crosta de pão, e um homem é atingido e morto na trincheira perto de você. Você olha calmamente para ele por um momento e continua a comer o seu pão. Por que não? Aqui desapareceu para sempre o cavalheirismo. Como todos os sentimentos nobres e pessoais, ele teve de ceder o lugar ao novo ritmo da batalha e ao poder da máquina. Aqui a nova Europa se revelou pela primeira vez no combate. (Citados por EKSTEINS, Modris. "A sagração da primavera". Rio de Janeiro: Rocco, 1992.) Com base na leitura desses trechos, é CORRETO afirmar que o impacto dessa guerra
a) acelerou o processo de libertação das colônias afro-asiáticas, que se tornaram Estados independentes a partir de então.
b) deu origem a um influente movimento contra as guerras, que criou uma ordem internacional pacífica.
c) levou ao fortalecimento e consolidação dos regimes liberais já existentes, além de contribuir para o surgimento de novas democracias.
d) provocou uma crise nos valores dominantes até então, gerando descrédito em relação ao humanismo e ao racionalismo.

resposta:[D]

vestibular Ufmg-2002
questões de História (não classificadas)

sub-grupo:Crise de 29
pergunta:Observe esta figura:

As imagens reunidas nessa figura expressam dois momentos significativos da vida econômica e social norte-americana: a riqueza dos anos 20 do século XX, traduzida pela crença otimista no modo de vida americano - "o american way of life" -, popularizado durante o "New Deal", e a depressão econômica dos anos 30 do mesmo século, com suas enormes filas de pobres e desempregados. Esses dois momentos estiveram relacionados à
a) alta crescente dos preços agrícolas, que impediram o deslocamento do poder aquisitivo para a compra de bens industriais e serviços.
b) decisão norte-americana de reduzir o ritmo da produção industrial e agrícola alcançado no período da Guerra de 1914-1918.
c) expansão da oferta de mercadorias, da publicidade e da indústria do lazer favorecidas pelo crédito fácil e aliadas à especulação com ações.
d) onda puritana que fortaleceu o espírito de poupança, contendo os investimentos da classe média e do operariado.

resposta:[C]

vestibular Ufmg-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:República Liberal
pergunta:Observe esta figura:

(TEIXEIRA, Francisco M. P. "Brasil: História e sociedade". São Paulo: Ática, 2000. p. 274.) Essa figura está relacionada
a) à campanha eleitoral de 1950, quando Getúlio se apresentou como um candidato democrático apoiado pela massa de trabalhadores.
b) à propaganda da Aliança Liberal, que defendia a coligação dos tenentes com a oligarquia gaúcha, tendo Getúlio Vargas como seu líder.
c) ao culto do regionalismo político, que os órgãos de propaganda do Estado Novo alimentaram usando a origem gaúcha de Getúlio Vargas.
d) ao movimento conhecido como queremismo, que, ao final do Estado Novo, uniu comunistas e trabalhistas na luta pela Constituinte com Getúlio.

resposta:[A]

vestibular Ufmg-2002
questões de História (não classificadas)

sub-grupo:
pergunta:Considerando-se a atuação da Frente Sandinista de Libertação Nacional nos anos 70 do século XX, é CORRETO afirmar que essa organização
a) defendia a chegada ao poder do grupo Sendero Luminoso, que articulou a resistência camponesa na Nicarágua.
b) representava diversos setores políticos de oposição na Nicarágua, que defendiam um projeto antiimperialista e socialista.
c) reunia amplos setores da sociedade nicaragüense em apoio ao monopólio político da família Somoza.
d) tinha o apoio dos Estados Unidos e dos grandes latifundiários do País e sustentava-se graças à Guarda Nacional nicaragüense.

resposta:[B]

vestibular Ufmg-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Nova República
pergunta:No dia 25 de abril de 1984, uma decisão política marcaria, de maneira decisiva, os rumos da história do Brasil contemporâneo. Nesse dia, a Câmara dos Deputados derrotou a emenda constitucional que restabeleceria as eleições diretas no País. Considerando-se os desdobramentos políticos da derrota dessa emenda, é CORRETO afirmar que esse acontecimento
a) favoreceu a vitória dos militares no Colégio Eleitoral, com a eleição do General João Batista de Figueiredo, então candidato do grupo do General Ernesto Geisel.
b) fortaleceu parte da oposição, reunida em torno de Tancredo Neves, candidato da Aliança Democrática, formada pelo PMDB e pelos dissidentes do PDS.
c) impediu a candidatura de Paulo Maluf pelo PDS, que vinha sendo apoiada pelos dissidentes do PMDB, com apoio dos militares da chamada "linha dura".
d) impulsionou a campanha popular das "diretas já", levando às ruas milhares de brasileiros, que exigiam o fim imediato do regime militar e mudanças na Constituição.

resposta:[B]

vestibular Ufmg-2002
questões de História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:Aproximadamente há duas décadas, o mundo tem assistido à emergência do chamado renascimento do Islã, fenômeno que pode ser associado ao crescimento do fundamentalismo religioso. A influência crescente do fundamentalismo na religião islâmica pode ser observada
a) na Argélia, com a formação da Frente Islâmica de Salvação.
b) na Turquia, com a modernização conduzida por Kemal Ataturk.
c) no Egito, com a chegada ao poder do Presidente Anwar Sadat.
d) no Irã, com a ascensão política do Xá Reza Pahlevi.

resposta:[A]

vestibular Ufc-2002
questões de História da América

sub-grupo:Civilizações Pré-Colombianas
pergunta:Recentemente, Alejandro Toledo foi eleito presidente do Peru. Durante a campanha eleitoral, foi chamado de "Pachacútec", numa alusão ao imperador incaico que consolidou um império nos Andes centrais. Sobre a sociedade incaica, é correto afirmar que:
a) o fato de constituir uma das mais significativas sociedades pré-colombianas tem como base a negação da cultura dos povos dominados.
b) a sua economia tinha por base a agricultura, com a distribuição de terras pelo Estado e a prática do sistema de regadio.
c) o que a diferenciava das demais culturas pré-colombianas era a idéia de uma sociedade igualitária.
d) o comércio interno era significativo, tendo no guano um dos produtos mais valorizados.
e) a sua cultura desapareceu com o processo da dominação espanhola.

resposta:[B]

vestibular Ufc-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Problemas Sociais
pergunta:Em sua obra "O Abolicionismo", Joaquim Nabuco afirma: "Para nós a raça negra é um elemento de considerável importância nacional, estreitamente ligada por infinitas relações orgânicas à nossa constituição, parte integrante do povo brazileiro. Por outro lado, a emancipação não significa tão somente o termo da injustiça de que o escravo é martyr, mas também a eliminação simultânea dos dois typos contrários, e no fundo os mesmos: o escravo e o senhor." (NABUCO, Joaquim. "O Abolicionismo." Edição fac-similar. Recife. Fundação Joaquim Nabuco. Ed. Massangana. 1988. p. 20) Em relação à condição do negro na sociedade brasileira, é correto afirmar que:
a) a abolição representou uma perda total da mão-de-obra pelos antigos senhores.
b) o fim da escravidão possibilitou ao negro liberto a integração no mercado de trabalho e o livre acesso à terra.
c) as Sociedades Libertadoras tinham como objetivo principal promover a integração do ex-escravo na sociedade, garantindo-lhe os direitos de cidadania.
d) a diferença entre o processo abolicionista ocorrido nos Estados Unidos da América e o ocorrido no Brasil foi a ausência de preconceito racial em nosso país.
e) o negro livre permaneceu à margem do universo cultural estabelecido por uma sociedade regida pelo branco e continuou sujeito ao preconceito e a novos mecanismos de controle social.

resposta:[E]

vestibular Ufc-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:Em 1750, Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, tornou-se primeiro ministro português e procurou dinamizar a administração colonial. Dentre as medidas por ele adotadas, destacam-se:
a) o controle do ensino e da política de aldeamento entregue às ordens religiosas.
b) a extinção do Estado do Grão-Pará Maranhão, por ser o centralismo a tônica de sua administração.
c) a reforma e a ampliação da justiça, possibilitando, assim, o acesso da elite colonial aos cargos administrativos e fiscais.
d) a expulsão dos Jesuítas da colônia, favorecendo os povos indígenas, que passaram a ter maior autonomia sobre os aldeamentos.
e) a retomada do controle dos mecanismos comerciais e fiscais do mundo colonial por parte da metrópole, o que resultou em autonomia para as companhias de comércio.

resposta:[C]

vestibular Ufc-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Período Regencial
pergunta:Entre os eventos do período regencial (1831-1840), podemos citar:
a) a criação da Guarda Nacional, que garantiu a unidade do território brasileiro.
b) a extinção do poder moderador, que garantiu a democratização no cenário político nacional.
c) a Reforma Constitucional de 1834, que criou as Assembléias Provinciais com autonomia política.
d) a ameaça à centralização do poder e à unidade territorial do Brasil.
e) a eclosão de movimentos sociais, como a Guerra dos Farrapos e a Sabinada, favoráveis à volta de D. Pedro I.

resposta:[D]

vestibular Ufc-2002
questões de História do Brasil

sub-grupo:Revolução de 64 - Ditadura Militar
pergunta:O golpe militar de 1964 foi o início de um dos períodos de maior autoritarismo na história do Brasil - a ditadura militar. Mas as práticas repressivas do Estado não calaram os segmentos organizados da sociedade civil, que buscaram a redemocratização do país. Nesse sentido, é correto afirmar que:
a) no final da década de 1970, foram ampliados os espaços de protesto, com as passeatas do movimento estudantil, a greve dos metalúrgicos do ABC e o surgimento de um novo sindicalismo.
b) a redemocratização decorreu da política neoliberal adotada, redefinindo as ações do Estado e corrigindo as distorções sociais.
c) o processo de redemocratização foi realizado de forma ágil por governos contrários à política do FMI, fortalecendo, assim, o mercado interno.
d) a reforma partidária de 1979 possibilitou o surgimento de novos partidos de oposição, entre eles o Partido Comunista Brasileiro.
e) a emenda das "diretas já" encontrou ressonância no Congresso Nacional, controlado pelo PDS, que aprovou o projeto.

resposta:[A]

 


« Página Anterior | Próxima Página »

Página 393 de 622


Exercicios de História perguntas e resposta página 393 e - vestibular