Questões de História do Brasil - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|

 

Questões História do Brasil

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:Entre as mudanças ocorridas no Brasil Colônia durante a União Ibérica (1580 - 1640), destacam-se
a) a introdução do tráfico negreiro, a invasão dos holandeses no Nordeste e o início da produção de tabaco no recôncavo Baiano.
b) a expansão da economia açucareira no Nordeste, o estreitamento das relações com a Inglaterra e a expulsão dos jesuítas.
c) a incorporação do Extremo-Sul, o início da exploração do ouro em Minas Gerais e a reordenação administrativa do território.
d) a expulsão dos holandeses do Nordeste, a intensificação da escravização indígena e a introdução das companhias de comércio monopolistas.
e) a expansão da ocupação interna pela pecuária, a expulsão dos franceses e o incremento do bandeirismo.



resposta:[E]

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Período Regencial
pergunta:"Sabinada" na Bahia, "Balaiada" no Maranhão e "Farroupilha" no Rio Grande do Sul foram algumas das lutas que ocorreram no Brasil em um período caracterizado
a) por um regime centralizado na figura do imperador, impedindo a constituição de partidos políticos e transformações sociais na estrutura agrária.
b) pelo estabelecimento de um sistema monárquico descentralizado, o qual delegou às Províncias o encaminhamento da "questão servil".
c) por mudanças na organização partidária, o que facilitava o federalismo, e por transformações na estrutura fundiária de base escravista.
d) por uma fase de transição política, decorrente da abdicação de Dom Pedro I, fortemente marcada por um surto de industrialização, estimulado pelo Estado.
e) pela redefinição do poder monárquico e pela formação dos partidos políticos, sem que se alterassem as estruturas sociais e econômicas estabelecidas.



resposta:[E]

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:"Naquela época não tinha maquinaria, meu pai trabalhava na enxada. Meu pai era de Módena, minha mãe era de Capri e ficaram muito tempo na roça. Depois a família veio morar nessa travessa da avenida Paulista; agora está tudo mudado, já não entendo nada dessas ruas". Esse trecho de um depoimento de um descendente de imigrante, transcrito na obra MEMÓRIA E SOCIEDADE, de Ecléa Bosi, constitui um documento importante para a análise
a) do processo de crescimento urbano paulista no início do século atual, que desencadeou crises constantes entre fazendeiros de café e industriais.
b) da imigração européia para o Brasil, organizada pelos fazendeiros de café nas primeiras décadas do século XX, baseada em contratos de trabalho conhecidos como "sistema de parceria".
c) da imigração italiana, caracterizada pela contratação de mão-de-obra estrangeira para a lavoura cafeeira, e do posterior processo de migração e de crescimento urbano de São Paulo.
d) do percurso migratório italiano promovido pelos governos italiano e paulista, que organizavam a transferência de trabalhadores rurais para o setor manufatureiro.
e) da crise na produção cafeeira da primeira década do século XX, que forçou os fazendeiros paulistas a desempregar milhares de imigrantes italianos, acelerando o processo de industrialização.



resposta:[C]

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:República Liberal
pergunta:A partir da Segunda Guerra Mundial e até 1960, o Brasil, a exemplo de outros países do denominado "Cone Sul", teve sua história marcada por um processo de modernização caracterizado
a) pela criação de uma política desenvolvimentista baseada em um processo de industrialização associado aos capitais estrangeiros.
b) pela organização de políticas de moldes socialistas que ocasionaram a fuga de capitais estrangeiros.
c) pela elaboração de uma política populista, caracterizada por uma intensa reforma agrária, levando a um processo de crescimento do mercado interno.
d) pelo surgimento de governos militares de regime ditatorial instalados para frear a expansão de movimentos socialistas.
e) pela preservação de uma política oligárquica e de caráter nacionalista, responsável por um desenvolvimento industrial contrário aos interesses norte-americanos.



resposta:[A]

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:"...algumas escravas procuram de propósito aborto, só para que não cheguem os filhos de suas entranhas a padecer o que elas padecem". (André João Antonil, CULTURA E OPULÊNCIA DO BRASIL, 1711) Relacione outras formas de resistência do escravo africano, além do mencionado no texto.



resposta:

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:Observando o mapa a seguir, explique:


a) Dois fatores que contribuíram para a configuração territorial alcançada pelo Brasil no século XVIII.
b) O princípio que norteou o Tratado de Madrid.


resposta:

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Revolução de 64 - Ditadura Militar
pergunta:"...Meu Brasil... que sonha com a volta do irmão do Henfil com tanta gente que partiu num rabo de foguete chora a nossa pátria mãe gentil choram Marias e Clarices no solo do Brasil..." Esse trecho de O BÊBADO E A EQUILIBRISTA, de João Bosco e Aldir Blanc, expressa qual momento político brasileiro? Analise o panorama cultural do período retratado.



resposta:Fase de intensa repressão cultural e política que abrange o governo Médici e parte do governo Geisel (1969-1977). Perseguição aos opositores do regime e censura dos meios de comunicação são os principais temas abordados no plano cultural da época.

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:Nos movimentos denominados INCONFIDÊNCIA MINEIRA, de 1789, CONJURAÇÃO BAIANA, de 1798, e REVOLUÇÃO PERNAMBUCANA, de 1817, identifique:
a) os setores sociais neles envolvidos.
b) os objetivos políticos que possuíam em comum.



resposta:a)Inconfidência Mineira- classe mais abastada de Minas Gerais (proprietários rurais, intelectuais, clérigos e militares); Conjuração Baiana- negros, mulatos, soldados, alfaiates...; Revolução Pernambucana- aristocracia açucareira.
b)Contestação aos privilégios da nobreza, republicanismo...

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:Na segunda metade do século XIX, o Brasil passou por um processo de modernização, expresso por construções de ferrovias e avanços em outros setores da comunicação. Contudo, essa modernização não atingiu igualmente todo o território.
a) quais as áreas abrangidas por essas inovações tecnológicas?
b) explique um dos motivos da desigualdade regional no processo de modernização.



resposta:

vestibular Fuvest-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Era Vargas
pergunta:"Vitoriosa a revolução, abre-se uma espécie de vazio de poder por força do colapso político da burguesia do café e da incapacidade das demais frações de classe para assumi-lo, em caráter exclusivo. O Estado de compromisso é a resposta para esta situação. Embora os limites da ação do Estado sejam ampliados para além da consciência e das intenções de seus agentes, sob o impacto da crise econômica, o novo governo representa mais uma transação no interior das classes dominantes, tão bem expressa na intocabilidade sagrada das relações sociais no campo". (Boris Fausto, A REVOLUÇÃO DE 1930: HISTORIOGRAFIA E HISTÓRIA)
a) Explicite o que o autor apresenta como "Estado de compromisso".
b) Qual a relação entre "O Estado de compromisso" e a "intocabilidade sagrada das relações sociais no campo"?



resposta:a)Devido a decadência da hegemonia do café e a depressão econômica depois da Revolução de 1932 o Estado de Compromisso segundo Boris Fausto vem a ser o desenvolvimento do Estado em atuação na formação da burguesia industrial que iria tirar o país da dependência econômica em relação a agricultura e essa base econômica iria ficar a cargo da indústria, simbolizando novas visões que chegariam ao poder.
b)O Estado não visava fortalecer somente a burguesia industrial, mas também a burguesia cafeeira, pois representavam nossas riquezas e mesmo o café passando por crise ainda assim era a principal renda brasileira, representando a "intocabilidade sagrada."

vestibular Unicamp-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Revolução de 64 - Ditadura Militar
pergunta:"Os artistas que participaram do tropicalismo queriam entender o país em que viviam e comunicar-se com o povo, mas de um modo diferente daquele proposto pelo CPC (Centro Popular de Cultura) da UNE (União Nacional dos Estudantes), no início dos anos 60." (Adaptado de Marcus Venicio Ribeiro, Chico Alencar e Claudius Ceccon, BRASIL VIVO, 1991).
a) O que foi o Tropicalismo?
b) Quais os argumentos utilizados pela UNE para afirmar que os tropicalistas eram alienados?



resposta:a)Foi um movimento cultural brasileiro que surgiu sob a influência das correntes artísticas de vanguarda e da cultura pop nacional e estrangeira; misturou manifestações tradicionais da cultura brasileira a inovações estéticas radicais.
b)Eles diziam que os tropicalistas não participavam de políticas-partidárias.

vestibular Unicamp-1994
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Era Vargas
pergunta:Em 10 de novembro de 1937, Getúlio Vargas discursava à nação através do rádio: "A disputa presidencial estava levando o país à desordem. Os comunistas infiltravam-se dia a dia nas instituições nacionais. A Nação corria perigo de uma luta de classes e os partidos políticos inquietavam o nosso povo"
a) Que argumentos Vargas usou para implantar o Estado Novo?
b) Cite duas características do Estado Novo.



resposta:a)Vargas usou para implantar o Estado Novo o Plano Cohen, que foi utilizado pelo governo federal com o objetivo de aterrorizar a população e justificar um golpe de Estado, o objetivo desse plano era tomar o poder.
b)Regime autoritário, marcado pelo nacionalismo, pela censura entre outros.

 


Próxima Página »

Página 1 de 300