Questões de História do Brasil - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|

 

Questões História do Brasil

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Ufla-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:Com base no contexto do café na história brasileira, analise as afirmativas a seguir e, a seguir, assinale a alternativa CORRETA. I. A dinâmica da produção e da cultura do café, em especial no Vale Paraíba, no século XIX, obedeceu a padrões já encontrados na economia colonial, como, por exemplo, o latifúndio. II. O oeste paulista, além da mão-de-obra escrava, pôde atrair mais facilmente o imigrante, principalmente após 1850. III. A expansão do café no século XIX propiciou a dinamização de um conjunto de modernizações, como bancos, estradas e ferrovias. IV. Além do desenvolvimento de um complexo aparelho infra-estrutural, surge o aparelho superestrutural, o que justifica a criação do Colégio Agrícola de Lavras em 1908. V. O café, introduzido no país em 1727, no atual Estado do Pará, adapta-se no Sudeste, especificamente em São Paulo, a partir de 1760, onde inicia sua expansão para as outras áreas da região.
a) Apenas as alternativas I, III, IV e V são corretas.
b) Apenas as alternativas II, III e IV são corretas.
c) Apenas as alternativas III, IV e V são corretas.
d) Apenas as alternativas I, II, III e IV são corretas.



resposta:[D]

vestibular Ufla-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial
pergunta:Leia o seguinte texto: "Na manhã de 29 de novembro de 1807, circulou a informação de que a Rainha, o Príncipe Regente e toda a Corte estava fugindo para o Brasil, sob a proteção da Marinha Britânica. Nunca algo semelhante tinha acontecido na história de qualquer país europeu, rei nenhum havia ido tão longe a ponto de cruzar um oceano para viver e reinar do outro lado do mundo." (Revista "Super Interessante", Outubro de 2007) Com base no texto, responda:
a) Indique uma das ordens imediatas do Príncipe Regente ao pisar em terras brasileiras.
b) No que diz respeito à chegada da Família Real ao Brasil em 1808, apresente duas conseqüências que tenham tido significativa relevância no sentido de modificar o rumo histórico do país.



resposta:

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:Sobre o crescimento da exploração do café no século XIX no Brasil, assinale o correto.
a) Essa fase coincide com uma fase de vitalidade e expansão dos mercados europeus e com o desenvolvimento dos Estados Unidos.
b) O café era produzido em larga escala, porém a preços baixos e com baixa rentabilidade.
c) Desde o período colonial que a produção cafeeira competia no mercado internacional com a produção açucareira brasileira.
d) O norte do Brasil era, por excelência, a região produtora de café, pois podia contar com vasta mão de obra escrava.



resposta:[A]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:"Em 1590, a colônia brasileira já contava com 150 engenhos espalhados pelas capitanias de Pernambuco, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro. As duas primeiras, no entanto, correspondiam a 80% do total". (Fonte: LOPEZ, Adriana. "Açúcar: esse doce objeto de desejo". Revista História Viva: Temas Brasileiros. São Paulo: Duetto Editorial, 2007, pp.20-23.) Dentre os incentivos fiscais e privilégios oferecidos pela Coroa aos produtores de cana, podemos, corretamente, citar:
a) Isenção de impostos para engenhos recém construídos e benefícios tributários sobre o açúcar.
b) Isenção de impostos vitalícios, ou seja, enquanto o proprietário fosse vivo não pagaria nenhum tipo de imposto.
c) Redução de pagamento de taxas na importação de mão de obra africana apenas para as capitanias do Nordeste, em virtude de sua alta produtividade.
d) Mão de obra para os engenhos recémconstruídos e situados em Manaus e Belém, providenciada, gratuitamente, pela Coroa Portuguesa.



resposta:[A]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Segundo Reinado
pergunta:"No dia 28 de setembro de 1879, oitavo aniversário da promulgação da Lei do Ventre Livre, foi criada por dez cidadãos residentes em Fortaleza uma entidade denominada Perseverança e Porvir . Criada principalmente para tratar de negócios econômicos e comerciais em proveito de seus fundadores, possuía também outras atribuições". (Fonte: SILVA, Pedro Alberto de Oliveira. "História da Escravidão do Ceará: das origens à extinção". Fortaleza: Instituto do Ceará, 2002, pp. 191-192.) Sobre as atribuições da citada sociedade, são feitas as seguintes afirmações: I. Propunha-se também a alforriar escravos, daí a escolha da citada data para dar início às suas atividades. II. Os associados criaram um fundo de emancipação para libertar escravos e, em algumas das suas reuniões, faziam doações, embora modestas, para aquele fim. III. As transações feitas pela sociedade, no sentido da libertação dos escravos, eram pequenas, visto que durante sua existência (cinco anos) alforriou menos de uma dezena de cativos. Assinale o correto.
a) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras.
b) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras.
c) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras.
d) Todas as afirmações são verdadeiras.



resposta:[D]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Crise do Sistema Colonial
pergunta:"A história do Período Joanino no Brasil é inseparável do anedotário que traça o perfil de sua mais importante personagem feminina: a Princesa Carlota Joaquina de Bourbon e Bragança". (Fonte: AZEVEDO, Francisca L. Nogueira. "Carlota Joaquina na Corte do Brasil". Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, p.17). Sobre a princesa Carlota Joaquina, são feitas as seguintes afirmações: I. A historiografia tanto brasileira, quanto portuguesa, foi comumente parcial tanto no tocante à vida pública quanto à vida privada da Princesa. II. O tratamento dado à figura da Princesa fixou no imaginário social a imagem de uma mulher vulgar, ambiciosa e transgressora de todas as normas morais e éticas do seu tempo. III. Enquanto no Brasil a imagem da princesa foi construída de modo negativo, em Portugal sua memória foi construída de forma apologética e D. Carlota é vista até hoje como heroína. Assinale o correto.
a) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras.
b) Apenas as afirmações I e III são falsas.
c) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras.
d) Apenas as afirmações I e II são falsas.



resposta:[C]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro
pergunta:Sobre a Inconfidência Mineira (1789), são feitas as seguintes afirmações: I. Estava entre os objetivos de boa parte dos conspiradores de Vila Rica, a constituição de um regime republicano no Brasil. II. Havia, também, por parte dos inconfidentes, a preocupação com o desenvolvimento de produtos manufaturados ou, em outras palavras, objetivavam a diminuição da dependência de artigos importados. III. A nova capital seria transferida para Belo Horizonte, por encontrar-se localizada numa área mais favorável para a expansão da lavoura e da pecuária. Assinale o correto.
a) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras.
b) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras.
c) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras.
d) Todas as afirmações são verdadeiras.



resposta:[A]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica
pergunta:"Nossos caboclos do mato são fáceis de se fanatizar e, se for exato o que se ouve, é necessária a ação enérgica". A advertência feita ao governador do Estado de Santa Catarina, Vidal Ramos em 1912 é do Cel. Campos Moraes. Ele considerava perigoso para o poder local o ajuntamento de sertanejos pobres em torno do Curandeiro José Maria. (Fonte: MACHADO, Paulo Pinheiro. "Lideranças do Contestado: a formação e atuação de chefias caboclas (1912-1916)". Campinas: Editora da Unicamp, 2004, p.13.) Analise o texto anterior e assinale o correto.
a) O fragmento acima se refere à Guerra do Constestado que, para a imprensa e as autoridades militares, era uma reedição do fanatismo de Canudos.
b) O movimento do Contestado foi, sem dúvida, religioso com características messiânicas, mas só ingressavam no grupo meninas virgens e meninos puros, para a construção de uma nova Jerusalém.
c) José Maria, o líder do Contestado, era um missionário franciscano, alemão que atuou no Planalto Catarinense, entre 1890 e 1930.
d) A população do Contestado era muito religiosa, louvava a monarquia e o retorno da Casa Real de Bragança ao trono Brasileiro.



resposta:[A]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:República Liberal
pergunta:No dia 14 de novembro de 1961, realizou-se a primeira reunião de um gabinete parlamentarista na história republicana brasileira. Sobre o período parlamentarista brasileiro, são feitas as seguintes afirmações: I. A experiência parlamentarista brasileira durou de setembro de 1961 a janeiro de 1963, quando foi recusada pelo povo brasileiro através de um plebiscito. II. Tancredo Neves foi o primeiro e único Primeiro Ministro durante o período em que ocorreu o parlamentarismo brasileiro. III. Com a renúncia do Presidente Jânio Quadros, João Goulart, o vice-presidente, deveria assumir a Presidência. A emenda parlamentarista objetivava restringir os seus poderes. Assinale o correto.
a) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras.
b) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras.
c) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras.
d) Todas as afirmações são verdadeiras.



resposta:[C]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica
pergunta:"A década de 1920 terminou presenciando uma das poucas campanhas eleitorais da Primeira República em que houve autêntica competição para o cargo da Presidência". (FONTE: CARVALHO, José Murilo. Marco Divisório. In "Cidadania no Brasil: o longo caminho". Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001, pp.89-126.) Assinale a alternativa que contém os nomes dos dois candidatos que disputaram a Presidência da República, na ocasião.
a) Washington Luis e Getúlio Vargas.
b) Washington Luis e Júlio Prestes.
c) Hermes da Fonseca e Getulio Vargas.
d) Getúlio Vargas e Júlio Prestes.



resposta:[D]

vestibular Uece-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Problemas Sociais
pergunta:Leia atentamente os versos a seguir: "Setembro passou Cum oitubro e novembro Já tamo em dezembro Meu Deus, que é de nós? Assim fala o pobre Do seco nordeste Cum medo da peste Da fome feroz ............................................ Nós vamo a São Paulo Que a coisa ta feia Por terras aléia Nós vamo vaga Se nosso destino Num for tão mesquinho Pro mesmo cantinho Nós torna a volta." O fragmento anterior, extraído da toada "A Triste Partida", de Patativa do Assaré, NÃO poderia retratar
a) a saga do retirante nordestino, partindo para São Paulo em busca de dias melhores.
b) toda a sensibilidade de quem viveu profundamente o sertão das grandes estiagens.
c) uma peça épica em torno de uma realidade que existe há muito tempo e persiste até os nossos dias.
d) o apelo simbólico dos vários grupos de nordestinos que negaram-se a abandonar sua terra e suas raízes.



resposta:[D]

vestibular Pucmg-2008
tópico:História do Brasil

sub-grupo:Primeiro Reinado
pergunta:Quando o Brasil se tornou uma nação independente, em 1822, há mais de 300 anos, aqui se cobravam diversos tipos de tributos para a Coroa Portuguesa. Sobre a cobrança de impostos no Brasil colonial, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:
a) Quando a Coroa veio para a América, a cobrança de impostos foi intensificada com o intuito de prover recursos para os gastos militares, para a montagem de um aparelho administrativo-fiscal e para as necessidades da manutenção da dispendiosa Corte.
b) A cobrança de impostos no Brasil colocava em cheque, desde o princípio, a fidelidade ao Rei. O Rei era considerado sempre como tirano e opressor, e as revoltas ocorridas nas Minas Gerais, no século XVII, reforçavam os movimentos antimonarquistas.
c) Enquanto na Europa do Antigo Regime defendia-se a idéia de que não era nem justo e nem bom para a ordem política cobrar impostos dos nobres e do clero, no Brasil-colônia, diante da necessidade das despesas com a defesa da terra, a classe proprietária deveria pagar impostos.
d) Cobrar impostos era um assunto delicado na Colônia e em Portugal, por isso recomendava-se que o imposto arrecadado fosse gasto no objeto causador da cobrança.



resposta:[B]