Questões de História Geral - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|

 

Questões História Geral

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Ufpe-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:As construções culturais fundamentam as questões sobre as identidades nacionais e o modernismo. No Brasil, muitas produções artísticas e literárias são importantes para se pensar a questão da identidade nacional. Entre essas, podemos citar: ( ) as composições de Villa-Lobos, em suas ligações com as modas e cantigas populares. ( ) os romances de Jorge Amado e José Lins do Rego, que focalizam costumes e práticas regionais. ( ) a obra de Mário de Andrade, construída com pesquisas e reflexões sobre o que é ser brasileiro. ( ) os filmes do Cinema Novo, preocupados em mostrar as singularidades da sociedade brasileira. ( ) os debates realizados na Semana de Arte de 1992, sobre as tradições culturais e a modernidade.



resposta:V V V V V

vestibular Ufpe-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:As revoluções socialistas se fizeram presentes na contemporaneidade em busca de soluções para as desigualdades sociais. As diferênças entre os projetos políticos e as praticas de poder contribuiram, contudo, para a crise do socialismo no mundo atual. Na China: ( ) com o fim da desigualdade social, foram consolidados os princípios socialistas. ( ) houve mudanças nas formas de administrar a economia, aproximando-a do capitalismo. ( ) alterou-se a estrutura política autoritária, graças ao enfraquecimento do Partido Comunista. ( ) incentivou-se, no atual governo, uma revolução cultural que retomou antigas tradições culturais. ( ) se fortaleceu a produção econômica, com a expansão dos seus negócios no mercado internacional.



resposta:F V F F V

vestibular Uerj-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:Veja ilustre passageiro o belo tipo faceiro que o senhor tem ao seu lado. E no entanto, acredite, quase morreu de bronquite, salvou-o o Rum Creosotado. Rimas como essas se encontravam em todo bonde que circulava no Rio de Janeiro no início do século XX. Apesar de terem caído em desuso na cidade há mais de quarenta anos, os bondes permanecem como parte da memória de muitos que, em sua infância e juventude, utilizaramnos como meio de transporte. Demonstre a relação entre o crescimento urbano da cidade do Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX e a introdução dos bondes.



resposta:

vestibular Ufg-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Roma
pergunta:A Grécia conquistada conquistou seu selvagem vencedor e levou as artes aos rústicos latinos. VEYNE, Paul. "L Empire Gréco-Romain". Paris: Seuil, 2005. p. 11. Considerando o verso do poeta latino Horácio (65 a.C-8 a.C),
a) explique a relação paradoxal entre conquistador e conquistado;
b) caracterize dois campos em que a cultura grega se expressa no Império Romano.



resposta:a) A relação paradoxal entre conquistador e conquistado era que a Grécia foi conquistada por um outro Império porém sua cultura conquistou o Império que a dominou.
b)A arquitetura e escultura – que se tenha verificado uma adesão plena sem implicar uma elevada contestação. O reflexo desta posição está bem patente na adopção de planimetrias de tradição grega para os diferentes tipos de edifícios civis e religiosos e que são adaptadas à cultura romana. Destaca-se evidentemente a proximidade da escultura romana aos modelos gregos, graças à qual conhecemos a estética clássica grega através das numerosas cópias. A sua rápida difusão deve-se, essencialmente, ao seu fácil transporte.

Fonte: (http://pt.wikipedia.org/wiki/Influ%C3%AAncia_Grega_no_Imp%C3%A9rio_Romano)

vestibular Ufg-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Baixa Idade Média
pergunta:Você me proibiu, senhora, de que lhe dissesse qualquer coisa sobre o quanto sofro por sua causa. Mas então me diga, por Deus, senhora: a quem falarei o quanto sofro e já sofri por você senão a você mesma? DON DINIS. Cantiga de amor. Apud CEREJA, Willian Rodrigues; MAGALHÃES, Thereza Cochar. "Panorama da literatura Portuguesa". São Paulo: Atual, 1997. p. 13. [Adaptado]. Na produção poética medieval, entre outros gêneros, encontram-se as cantigas de amor, que evocam o ideal de amor cortês e encenam, no jogo amoroso, as relações entre os nobres. Com base no trecho citado,
a) identifique quem ocupa o papel de suserano, na cena do jogo amoroso;
b) caracterize o ideal de amor cortês introduzido no universo da nobreza a partir do século XII.



resposta:

vestibular Ufpel-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia
pergunta:"Os animais da Itália possuem cada um sua toca, seu abrigo, seu refúgio. No entanto, os homens que combatem e morrem pela Itália estão à mercê do ar e da luz e nada mais: sem lar, sem casa, erram com suas mulheres e crianças. Os generais mentem aos soldados quando, na hora do combate, os exortam a defender contra o inimigo suas tumbas e seus lugares de culto, pois nenhum destes romanos possui nem altar de família, nem sepultura de ancestral. É para o luxo e enriquecimento de outrem que combatem e morrem tais pretensos senhores do mundo, que não possuem sequer um torrão de terra." PLUTARCO DE QUERONÉIA, (50-125). In: PINSKY, Jaime. "100 textos de História Antiga". São Paulo: Contexto, 2003. O documento está associado à reforma agrária promovida pela(s)
a) Revolta de Espártaco.
b) Lei das Doze Tábuas.
c) Lei Canuléia.
d) Guerras Púnicas.
e) Leis dos Irmãos Graco.



resposta:[E]

vestibular Ufpel-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Baixa Idade Média
pergunta:"Os clérigos devem por todos orar os cavaleiros sem demora devem defender e honrar e os camponeses, sofrer cavaleiros e clero sem falha vivem de quem trabalha têm grande canseira e dor pagam primícias, corvéias, orações ou talha e cem coisas costumeiras e quanto mais pobre viver mais mérito terá das faltas que cometeu se paga a todos o que deve se cumpre com lealdade a sua fé se suporta paciente o que lhe cabe: angústias e sofrimentos." ESTEVÃO DE FOUREGES. In: COTRIM, Gilberto. "História global: Brasil e Geral". 6 ed. São Paulo: Saraiva, 2002. O poema está diretamente relacionado
a) à Revolução Francesa, enfatizando as obrigações servis, como a corvéia - que era a entrega da primeira colheita ao senhor.
b) à estratificação social, no feudalismo europeu, justificada pela Igreja, e composta pelo clero, pela nobreza e pelo povo.
c) ao final da Idade Média, durante a expansão colonial européia na América, com o apoio da Igreja.
d) à ideologia burguesa, nas Cruzadas, quando os cavaleiros defenderam os valores cristãos ocidentais contra os muçulmanos.
e) ao período medieval, por referir a exploração dos camponeses através de trabalho escravizado, bem como pela talha - que era o pagamento pelo uso do moinho.



resposta:[B]

vestibular Ufpel-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:Texto 1: "Durante a Idade Média européia, as estratégias matrimoniais organizavam e sustentavam as relações sociais. O casamento era antes de tudo um pacto entre famílias. Nesse ato, a mulher era ao mesmo tempo doada e recebida, como um ser passivo. Sua principal virtude, dentro e fora do casamento, deveria ser a obediência, a submissão. Solteira, era identificada sempre como filia de, soror de. Casada, passava a ser personificada como uxor de. Filha, irmã, esposa: os homens deviam ser sua referência." MACEDO, José Rivair. "A mulher na Idade Média". 5 ed. São Paulo: Contexto, 2002. [adapt.]. Texto 2 : "O que as revistas femininas aconselhavam às leitoras : [...] - A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, nada de incomodá-lo com serviços domésticos. (Jornal das Moças, 1959). - Se o seu marido fuma, não arrume brigas pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda a casa. (Jornal das Moças, 1957). - O lugar de mulher é no lar, o trabalho fora de casa masculiniza. (Querida, 1955). [...]." In: COTRIM, Gilberto. "História e consciência do Brasil", 7 ed. São Paulo: Saraiva, 1999. Com base na leitura comparativa dos textos, constata-se que
a) o patriarcalismo medieval europeu influenciou, durante muito tempo, a cultura brasileira, tendo em comum a valorização da submissão feminina.
b) a ideologia patriarcal da Europa renascentista foi absorvida, sem alterações, pela sociedade brasileira na Ditadura Militar.
c) o Direito Romano, desde a Antigüidade, submeteu a mulher à uma inferioridade legal, que vigora na atual legislação brasileira.
d) as mulheres não possuíam direitos civis, tanto na Europa, na Idade Moderna, quanto no Brasil, na segunda metade do século XX.
e) o papel feminino está subordinado, nas duas conjunturas históricas, coisificando a mulher, contudo não existe a discriminação de gênero na sociedade brasileira atual.



resposta:[A]

vestibular Ufpel-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:

Pelo documento percebe-se
a) os principais pontos de resistência das tropas chinesas na Guerra Sino-Japonesa, no início do século XX.
b) a trajetória dos comunistas com a adoção de táticas na guerrilha camponesa, no processo da Revolução Chinesa, que culmina em 1949.
c) o caminho da ação guerrilheira contra a forte exploração econômica ocidental, principalmente de ingleses, franceses e alemães, durante a Guerra dos Boxers.
d) a ação das tropas chinesas, apoiadas pelos norte-americanos, contra a invasão japonesa, durante a 2 Guerra Mundial.
e) o movimento dos comunistas chineses contra os nacionalistas, durante a denominada Guerra do Ópio.


resposta:[B]

vestibular Ufla-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:Coloque V (verdadeiro) ou F (falso) para cada afirmativa e, a seguir, assinale a alternativa que apresenta a seqüência CORRETA. ( ) Segundo a proposição I, a natureza quando age de acordo com seus princípios e leis, age livremente. ( ) Segundo a proposição II, a satisfação de necessidades representa para o ser humano a sua destruição. ( ) A destruição do ambiente não pode constituir, segundo a proposição IV, uma necessidade do ser humano livre. ( ) Segundo a proposição III, o indivíduo que se considera livre faz somente o que é forçado a fazer.
a) V, F, V, F
b) V, V, F, V
c) F, V, V, F
d) F, V, F, F



resposta:[A]

vestibular Ufla-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:Coloque V (verdadeiro) ou F (falso) para cada afirmativa e, a seguir, assinale a alternativa que apresenta a seqüência CORRETA. ( ) Segundo a fala transcrita na proposição III, ser livre é fazer o que se quer e, segundo a proposição I, haverá realmente liberdade se o querer for de acordo com a natureza. ( ) Segundo a proposição III, o indivíduo se considera livre por agir de acordo com o seu querer e, de acordo com a proposição IV, para que ele seja livre, esse querer não pode representar destruição do ambiente. ( ) Segundo a proposição II, a vida humana se faz mediante a realização de necessidades e, segundo da proposição IV, se há destruição do ambiente pelo ser humano, ele não está exercendo sua liberdade. ( ) Segundo a proposição IV, o ser humano tem necessidade de destruir e, segundo a proposição I, a natureza age por coação (obrigação) externa.
a) V, F, F, V
b) F, V, F, V
c) V, V, F, F
d) V, V, V, F



resposta:[D]

vestibular Ufsc-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia
pergunta:"ELEFANTES - Vendo. Para circo ou zoológico. Usados mas em bom estado. Já domados e com baixa do exército. Tratar com Aníbal." (p. 143) "TORRO TUDO - E toco cítara. Tratar com Nero." (p.144) VERISSIMO, Luis Fernando. O Classificado através da História. In: "Comédias para se ler na escola". São Paulo: Objetiva, 2001. Sobre Roma na Antigüidade, é CORRETO afirmar que:
(01) Aníbal foi um conhecido comandante de Cartago, que combateu os romanos durante as Guerras Púnicas.
(02) as Guerras Púnicas, que envolveram Cartago e Roma, aconteceram no contexto da expansão territorial romana.
(04) a expansão territorial acabou se revelando um fracasso. Isto pode ser percebido pela ausência de alterações nos hábitos da sociedade romana nos períodos que se sucederam.
(08) o domínio de Roma no Mediterrâneo favoreceu o fim da República e a ascensão do Império. (16) Nero foi um governante de Roma conhecido pelo apoio que prestou aos cristãos, sendo responsável por elevar o Cristianismo a religião oficial do Império Romano. (32) o período de governo de Nero é conhecido como um momento de decadência do Império Romano, cujos motivos estão, entre outros, nos graves problemas sociais causados pela existência de uma cidadania restrita e pelos abusos administrativos. (64) a escravidão, embora presente, nunca foi economicamente relevante na sociedade romana.



resposta:01 + 02 + 08 + 32 = 43