Questões de História Geral - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|

 

Questões História Geral

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Ufsc-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Baixa Idade Média
pergunta:SÃO FRANCISCO "Lá vai São Francisco Pelo caminho De pé descalço Tão pobrezinho Dormindo à noite Junto ao moinho Bebendo a água Do ribeirinho." MORAES, Vinicius de. "Nova antologia poética". São Paulo: Cia de Bolso, 2005, p. 227. Sobre a Baixa Idade Média, período no qual São Francisco viveu, é CORRETO afirmar que:
(01) foi um período no qual a produção e difusão intelectual se estagnou: daí a expressão "Idade das Trevas" que caracteriza a Idade Média.
(02) foi o período no qual a expansão comercial provocou um maior contato entre diferentes povos, principalmente do Oriente, diversificando os valores europeus.
(04) foi o período das Cruzadas, expedições organizadas pela Igreja que tinham como único objetivo difundir o cristianismo entre os povos do Oriente.
(08) foi o período de surgimento de várias ordens religiosas, algumas delas formadas por monges-cavaleiros, como foi o caso dos Templários. (16) foi o período no qual se desenvolveu uma literatura épica que exaltava os atos heróicos dos cavaleiros, como os romances inspirados no rei Artur e os Cavaleiros da Távola Redonda. (32) foi o período de emergência de pensadores católicos como Santo Agostinho e São Tomás de Aquino, que criticavam a idéia da existência de um Deus único.



resposta:02 + 08 + 16 = 26

vestibular Ufsc-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:"Então, quase um mês depois, Rânia entregou à mãe um envelope que Yaqub enviara à loja. Era uma carta com poucas linhas. Ele não aceitou nem recusou qualquer perdão. Escreveu que o atrito entre ele e Omar era um assunto dos dois, e acrescentou: Oxalá seja resolvido com civilidade; se houver violência será uma cena bíblica ." HATOUM, Milton. "Dois irmãos". São Paulo: Cia das Letras, 2000, p. 228. "Não podemos mais invocar as barreiras nacionais, raciais ou ideológicas que nos separam. No contexto de nossa nova interdependência, a melhor forma de auto-interesse é considerar os interesses dos outros." DALAI-LAMA. "Bons Fluidos Especial". São Paulo: Ed. Abril, n. 84, 2006. Sobre intolerância e conflitos através da História Mundial, é CORRETO afirmar que:
(01) judeus e muçulmanos possuem a mesma origem religiosa. O fato de possuírem um suposto antepassado em comum, Abraão, não evitou o conflito entre os dois grupos em vários momentos da história.
(02) um fato que contribuiu para amenizar a disputa entre judeus e muçulmanos foi a criação do Estado de Israel, após a Segunda Guerra Mundial. Garantir um território para o povo judaico foi um elemento facilitador para o entendimento entre os dois grupos.
(04) o Hezbollah, grupo terrorista israelense, foi criado na década de 1980 e é responsável por violentos ataques aos muçulmanos.
(08) a Ku Klux Klan, organização de defesa de afro-descendentes, teve grande atuação nos Estados Unidos durante a década de 1960. Foi responsável por organizar manifestações contra o racismo naquele país. (16) a Inquisição foi um mecanismo encontrado pela Igreja para sufocar todos os que desobede-cessem às suas normas. A perseguição, no entanto, não atingiu os judeus, que passaram a receber o apoio dos católicos durante a Baixa Idade Média. (32) o Dalai-Lama, que esteve no Brasil em 2006, abandonou o Tibet na década de 1950 devido à ocupação chinesa. A China perseguiu aqueles que se opunham à "Revolução Socialista" promovida por Mao Tse-tung.



resposta:01 + 32 = 33

vestibular Unifesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Roma
pergunta:"Ao povo dei tantos privilégios quanto lhe bastam, à sua honra nada tirei nem acrescentei; mas os que tinham poder e eram admirados pelas riquezas, também neles pensei, que nada tivessem de infamante... entre uma e outra facção, a nenhuma permiti vencer injustamente." (Sólon, século VI a.C.) No governo de Atenas, o autor procurou
a) restringir a participação política de ricos e pobres, para impedir que suas demandas pusessem em perigo a realeza.
b) impedir que o equilíbrio político existente, que beneficiava a aristocracia, fosse alterado no sentido da democracia.
c) permitir a participação dos cidadãos pobres na política, para derrubar o monopólio dos grandes proprietários de terras.
d) abolir a escravidão dos cidadãos que se endividavam, ao mesmo tempo em que mantinha sua exclusão da vida política.
e) disfarçar seu poder tirânico com concessões e encenações que davam aos cidadãos a ilusão de que participavam da política.



resposta:[B]

vestibular Unifesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Alta Idade Média
pergunta:"O mosteiro deve ser construído de tal forma que tudo o necessário (a água, o moinho, o jardim e os vários ofícios) exerce-se no interior do mosteiro, de modo que os monges não sejam obrigados a correr para todos os lados de fora, pois isso não é nada bom para suas almas." (Da Regra elaborada por São Bento, fundador da ordem dos beneditinos, em meados do século VI.) O texto revela
a) o desprezo pelo trabalho, pois o mosteiro contava com os camponeses para sobreviver e satisfazer as suas necessidades materiais.
b) a indiferença com o trabalho, pois a preocupação da ordem era com a salvação espiritual e não com os bens terrenos.
c) a valorização do trabalho, até então historicamente inédita, visto que os próprios monges deviam prover a sua subsistência.
d) a presença, entre os monges, de valores bárbaros germânicos, baseados na ociosidade dos dominantes e no trabalho dos dominados.
e) o fracasso da tentativa dos monges de estabelecer comunidades religiosas que, visando a salvação, abandonavam o mundo.



resposta:[C]

vestibular Unifesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:"A barbárie reaparece, mas desta vez é engendrada no próprio seio da civilização e dela faz parte integrante." (K. Marx,1846.) "Que bestas brutas e ferozes! Como permite Deus que as mães os concebam assim. Ah, eis os verdadeiros inimigos e não os russos e os austríacos!" (T.-R. Bugeaud, 1849.) Embora de perspectivas diferentes, os dois autores estão se referindo ao mesmo drama social, protagonizado pelo
a) camponês.
b) imigrante.
c) soldado.
d) empresário.
e) proletário.



resposta:[E]

vestibular Unifesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:"... o mestre que eu tive foi a natureza que me envolve... desse livro secular e imenso, é que eu tirei as páginas de O Guarani , as de Iracema ... Daí, e não das obras de [Renée de] Chateaubriand, e menos das de [Fenimore] Cooper, que não eram senão a cópia do original sublime que eu havia lido com o coração." (Do romancista José de Alencar.) Sobre o texto, pode-se sustentar que o autor
a) confessa ter seguido modelos externos para compor seus livros.
b) nega ter se inspirado no sentimento para compor suas obras.
c) segue uma das fontes de inspiração do romantismo.
d) acusa Cooper de ter copiado Chateaubriand.
e) apresenta uma espécie de manifesto nacionalista.



resposta:[C]

vestibular Unifesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia
pergunta:Em Roma antiga, e no Brasil colonial e monárquico, os escravos eram numerosos e empregados nas mais diversas atividades. Compare a escravidão nessas duas sociedades, mostrando suas
a) semelhanças.
b) diferenças.



resposta:

vestibular Unifesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Baixa Idade Média
pergunta:Ao longo da Baixa Idade Média, a Igreja (com o papa à frente) e o Estado (com o imperador ou rei à frente) mantiveram relações conflituosas como, por exemplo, durante a chamada "Querela das Investiduras", nos séculos XI e XII, e a transferência do papado para Avignon, no sul da França, no século XIV. Sobre essa disputa, indique
a) os motivos.
b) os resultantes e sua importância ou significação histórica.



resposta:

vestibular Ufpi-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:Em 1991, a UNESCO reconheceu o Parque Nacional da Serra da Capivara como Patrimônio Cultural da Humanidade. Assinale a alternativa correta sobre esse parque e as pesquisas ali realizadas.
a) Os vestígios encontrados no Parque reforçam as teorias mais aceitas a respeito do povoamento do continente americano.
b) As pesquisas conduzidas pela arqueóloga Niede Guidon indicam a presença do homem no continente americano há pelo menos 48 mil anos.
c) As dificuldades no conhecimento do cotidiano dos homens pré-históricos que ali viveram relacionam-se à ausência de registros como pinturas e gravuras.
d) Os sítios arqueológicos ali existentes revelam o nomadismo do homem pré-histórico das Américas e o seu desconhecimento da agricultura, das técnicas de caça e do fogo.
e) A descoberta de vestígios ósseos humanos de mais de 100.000 anos, no Parque, tornam inquestionáveis as teorias que defendem que o povoamento da América começou no atual Piauí.



resposta:[B]

vestibular Ufpi-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Roma
pergunta:Leia a frase a seguir. "É bom deixar claro que o regime democrático ateniense tinha os seus limites". (Pedro Paulo Funari. "Grécia e Roma". São Paulo: Contexto, 2001, p. 36) Assinale a alternativa que apresenta um grupo que tinha direitos políticos durante a democracia ateniense na Grécia Antiga.
a) Crianças.
b) Escravos.
c) Mulheres.
d) Estrangeiros.
e) Camponeses.



resposta:[E]

vestibular Ufpi-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Relações Históricas
pergunta:País localizado na região da antiga Mesopotâmia, guardando ainda hoje um dos mais ricos patrimônios arqueológicos do mundo, ele foi o centro do Império Árabe nos séculos VIII e IX. O país contemporâneo a que se refere é:
a) Irã.
b) Iraque.
c) Turquia.
d) Afeganistão.
e) Arábia Saudita.



resposta:[B]

vestibular Unesp-2007
tópico:História Geral

sub-grupo:Baixa Idade Média
pergunta:Em cada letra da página divina [a Bíblia] há tantas verdades sobre as virtudes, tantos tesouros de sabedoria acumulados, que apenas aquele a quem Deus concedeu o dom do saber [dela] pode usufruir plenamente. Poderiam estas "pérolas" ser distribuídas aos "porcos" e a palavra a ignorantes incapazes de recebê-la e, sobretudo, de propagar aquilo que receberam? (Texto escrito pelo inglês Gautier Map, por volta de 1181.) Comparando o conteúdo do texto com a história do cristianismo, conclui-se que o autor
a) interditava aos pecadores a leitura da Bíblia, reservando-a à interpretação coletiva nos mosteiros medievais.
b) considerava aptos para interpretarem individualmente a Bíblia todos os fiéis que participassem do culto católico.
c) postulava a exigência de comunicação direta do fiel com Deus, independentemente da leitura dos textos sagrados.
d) referia-se a um dogma da Igreja medieval abolido pela reforma católica promovida pelo Concílio de Trento.
e) opunha-se a um princípio defendido por heresias medievais e que foi retomado pelas reformas protestantes.



resposta:[E]