Banco de dados de questões sobre Antiguidade Clássica - Grécia
questões de vestibulares
|

 

Questões Antiguidade Clássica - Grécia

REF. Pergunta/Resposta
origem:Puc
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:A história de "Spartacus" representa na Roma Antiga, a luta dos
a) escravos contra o sistema de opressão estabelecido principalmente a partir da expansão romana.
b) camponeses que defendiam a aprovação de uma reforma agrária nas terras conquistadas pelos romanos.
c) patrícios que reivindicavam a manutenção dos privilégios políticos que tinham no Senado Romano.
d) cartagineses, que não aceitavam o saque e a pilhagem das sua terras pelo exército romano.
e) plebeus que exigiam do Estado cargos públicos e salários justos em troca de fidelidade política.




resposta:[A]

origem:Fgv
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:"O Mediterrâneo tornou-se um lago romano: é o Mare Nostrum dos mapas antigos." (Aquino et al.) A situação-chave que consolidou a definitiva expansão romana foi:
a) a derrota da influente Cartago, possibilitando o controle sobre o Mediterrâneo ocidental e abrindo as condições necessárias para a intervenção nos Estados Helenísticos vizinhos;
b) a vitória da Sicília nas Guerras Púnicas, o que permitiu a tomada de Cartago pelos romanos;
c) a vitória da Sicília (cartaginesa) e a anexação desta a Roma;
d) a vitória da influente Cartago (colônia romana) sobre os Estados Helenísticos próximos;
e) a vitória da influente Cartago (colônia romana) sobre a Sicília (colônia grega), o que abriu importante base no Mediterrâneo à expansão territorial.




resposta:[A]

origem:Fgv
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:O apogeu e, simultaneamente, o início do longo processo de desagregação do Império Romano acontece durante o governo de:
a) Otávio Augusto (27 a.C. - 14);
b) Nero (54-68);
c) Trajano (98 - 117);
d) Júlio César (48 - 44 a.C.)
e) Cláudio (41 - 54)




resposta:[C]

origem:Ufrn
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:A atual civilização ocidental sofreu várias influências da Roma Antiga. Dentre elas, pode-se destacar a
a) concepção de mundo fundamentada na observação da natureza e na especulação filosófica, que constituem os fundamentos do pensamento científico.
b) celebração dos Jogos Olímpicos, realizados periodicamente, com o mesmo intuito original de confraternização universal.
c) separação entre o Direito Público, que regula as relações entre os cidadãos e o Estado, e o Direito Privado, que regula as relações dos cidadãos entre si.
d) defesa da superioridade de um regime político baseado numa forma representativa e democrática de governo.




resposta:[C]

origem:Mackenzie
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:A crise do Império Romano foi marcada por um processo que:
a) alterou as relações sociais e políticas, determinando novos vínculos, assentados, principalmente, na posse de terras.
b) foi responsável pela consolidação e expansão das instituições políticas e sociais romanas por toda a Europa.
c) criou novas atividades econômicas e intensificou as relações comerciais entre o Império Romano do Ocidente e o Império Romano do Oriente.
d) favoreceu o crescimento das cidades, devido ao êxodo rural provocado pelos constantes ataques dos invasores bárbaros.
e) transformou as terras de cultivo em pastagens cercadas, tornando-as propriedades privadas, o que ocasionou a marginalização dos agricultores.




resposta:[A]

origem:Mackenzie
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:A população de homens livres diminuía, oprimidos pela miséria, pelas contribuições e pelo serviço militar. (...) Os pobres afirmavam que estavam sendo reduzidos à extrema miséria; que esta penúria os impedia de ter filhos, porque eram incapazes de criá-los. Apiano Os fragmentos de texto acima, extraídos da obra "História Romana", escrita por esse historiador, relacionam-se com:
a) o final da monarquia romana e as revoltas patrícias.
b) as condições de vida na Ática.
c) as lutas sociais durante a República romana.
d) a implantação do sistema de colonato romano.
e) as rivalidades políticas entre eupátridas e plebeus.




resposta:[C]

origem:Mackenzie
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Como aquela era uma sociedade urbana, naturalmente a crise se manifestava mais claramente nas cidades, com lutas sociais, a contração do comércio e do artesanato, a retração demográfica, a pressão do banditismo e dos bárbaros. Assim, entende-se que os mais ricos se retirassem para suas grandes propriedades rurais (villae), onde estariam mais seguros e de onde poderiam obter praticamente todo o necessário. Hilário Franco Junior O fragmento de texto acima, oferece-nos elementos que permitem relacioná-lo ao período da História de Roma Antiga denominado:
a) Monarquia.
b) República.
c) Alto Império.
d) Baixo Império.
e) Crise da República.




resposta:[D]

origem:Fgv
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Os romanos denominavam bárbaros os povos que viviam fora de suas fronteiras, não tinham seus costumes nem estavam submetidos às suas leis. Entre os vários grupos de bárbaros que desarticularam o poder do Império Romano e se apossaram de sua parte ocidental, destacavam-se os germanos. Sobre a sociedade germânica, é incorreto afirmar que:
a) vivia do pastoreio e da agricultura de subsistência;
b) sua vida social era regulamentada pelos costumes (direito consuetudinário);
c) a instituição do Comitatus baseava-se em uma relação pessoal e de lealdade entre o chefe guerreiro e seus soldados;
d) era uma sociedade primitiva, não conhecia o Estado;
e) era uma sociedade monoteísta.




resposta:[E]

origem:
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Dentre as transformações políticas, econômicas e sociais geradas pela expansão romana na Bacia do Mediterrâneo, tem-se:
a) o fim do trabalho escravo, o domínio político dos plebeus e a grande moralização dos costumes.
b) a disseminação da cultura grega, a concentração da plebe no campo e o enriquecimento da elite patrícia.
c) o aumento do trabalho livre, o domínio político dos militares e o desenvolvimento das atividades agro-pastoris.
d) grande número de escravos, o predomínio do comércio e o êxodo rural ocasionando o empobrecimento da plebe.
e) o fortalecimento da família, o afluxo de riquezas provenientes das conquistas e a maior concentração populacional nos campos.




resposta:[D]

origem:Puc
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Considerando as seguintes afirmações sobre a crise socioeconômica e política da República Romana, a partir dos desdobramentos da expansão militar fora da Península ltálica. I. A expansão militar fortaleceu a fração rica dos plebeus, a qual liderou este grupo social contra os patrícios, destruindo o poder político do Senado. II. A mobilização militar permanente prejudicou os pequenos proprietários, que dificilmente se readaptavam à vida agrícola, passando a migrar para as cidades ou tornando-se colonos. III. A disponibilidade de mão-de-obra escrava determinada pelas guerras de conquista condicionou a concentração da propriedade rural e a especialização agrícola, com produção voltada para o mercado. IV. A administração das regiões conquistadas produziu uma forte unidade política entre a aristocracia de Roma e as diversas elites provinciais, a qual se consolidou principalmente através da Lei das Doze Tábuas. A análise das afirmativas permite concluir que é correta a alternativa.
a) I e II.
b) I, II e III.
c) I, III e IV.
d) II e III.
e) II, III e IV.




resposta:[D]

origem:Mackenzie
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Durante o período de conquistas, a sociedade romana transformou-se profundamente. Dentre essas transformações, NÃO podemos afirmar que:
a) os pequenos lavradores foram levados praticamente à ruína, impossibilitados de concorrer com a produção de latifúndios trabalhados por escravos.
b) em 326 a.C., foi estipulada a submissão servil por dívidas, tornando a mão-de-obra servil conjuntamente com a escrava de importância vital para a produtividade rural da elite romana.
c) do contato com a experiência jurídica de outros povos, entre os quais os gregos, os romanos fizeram uma incorporação dos elementos dos códigos de leis e das tradições dessas nações ao direito romano.
d) os intelectuais, mercadores e escravos trazidos a Roma aceleraram o processo de helenização já iniciado quando do contato de Roma com as cidades gregas da Itália meridional.
e) a ampla utilização da mão-de-obra escrava trouxe ao estado romano inúmeras rebeliões de cativos, entre as quais a comandada pelo trácio Spartacus, que chegou a ameaçar a própria cidade de Roma.




resposta:[B]

origem:Ufrs
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:No século II a.C., o Estado romano atravessou uma importante crise social. Esta crise colocou em campos opostos aristocratas, controladores do Senado romano, e a plebe, aglutinada pelos Tribunos da Plebe. Assinale a alternativa que apresenta os principais tribunos e suas propostas de reforma.
a) Tibério e Caio Graco - fundação de colônias agrícolas nas províncias para camponeses sem terra e venda do trigo com preço inferior ao do mercado.
b) Tito Lívio e Cícero - venda do trigo com preço inferior ao do mercado e libertação dos escravos.
c) Augusto e Otávio - reforma agrária e serviço militar para todos os homens.
d) Mário e Sila - libertação dos escravos e concessão de asilo aos estrangeiros.
e) Cláudio e Espártaco - reforma agrária e concessão de asilo aos estrangeiros.




resposta:[A]