Banco de dados de questões sobre Independência dos Estados Unidos
questões de vestibulares
|

 

Questões Independência dos Estados Unidos

REF. Pergunta/Resposta
origem:Puc
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Considere as seguintes afirmativas: 1. A Revolução Americana foi deflagrada por uma guerra contra os poderes metropolitanos (isto é, contra inimigos externos); diversamente, a Revolução Francesa caracterizou-se, desde o começo, por uma guerra civil (ou seja, contra os inimigos internos). 2. Os patriotas norte-americanos continuaram valorizando positivamente a experiência de seu passado colonial na construção de seu imaginário de República; contrariamente, os patriotas franceses romperam radicalmente com o seu passado, considerado negativo porque identificado ao Ancien Régime. 3. A Declaração dos Direitos do Homem tornou livres e iguais todos os habitantes dos Treze Estados americanos; de forma semelhante, o mesmo ocorreu no caso da França, em relação aos cidadãos da então recém-criada República. 4. Após a libertação das 13 Colônias, uma guerra civil generalizada atingiu os novos estados independentes; já após a Revolução na França, os conflitos internos cessaram rapidamente e apenas os externos continuaram - especialmente as guerras napoleônicas que se alastraram por boa parte da Europa. Quais das afirmativas anteriores apresentam de modo correto a relação comparativa entre as duas Revoluções, a Americana e a Francesa?
a) 1 e 4.
b) 2 e 3.
c) 3 e 4.
d) 1 e 2.
e) 1, 2 e 3.




resposta:[D]

origem:
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:A Declaração de Independência das 13 Colônias Inglesas da América do Norte, em 4 de julho de 1776, da qual Thomas Jefferson foi relator, consagrou, em seu texto, o princípio do(a)
a) direito de reação à tirania, inspirado em Locke.
b) negação do contrato social, nos termos expostos por Rousseau.
c) separação da Igreja do Estado, conforme o pensamento de Mably.
d) ilustração monárquica, defendido por Diderot.
e) utilitarismo, preconizado por Benthan, Mill e William James.




resposta:[A]

origem:Unirio
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:"Em dezembro de 1773, cerca de vinte colonos disfarçados de índios, portando plumas coloridas e pintados nos rostos e braços, atacaram e ocuparam três navios britânicos no porto de Boston, atirando ao mar o carregamento de chá. Era um ultraje à autoridade de Sua Majestade Jorge III, o que deixou os ingleses indignados. Em resposta a esse incidente, o Parlamento inglês determinou uma série de medidas coercitivas sobre a colônia, chamadas pelos colonos de Leis Intoleráveis." (VICENTINO, Cláudio. "História Geral". São Paulo, Ed. Scipione, 1997, p.244) Entre as várias medidas coercitivas decorrentes das Leis Intoleráveis, podemos apontar a(o):
a) eliminação do Comércio Triangular entre as colônias no norte e a Europa ou entre a América e a Ásia, empobrecendo os colonos envolvidos.
b) controle das terras do centro-oeste em mãos do governador inglês de Quebec, para impedir a expansão territorial dos colonos, garantindo o comércio de peles realizado entre ingleses e índios.
c) Sugar Act (Lei do Açúcar), segundo o qual o açúcar que não fosse proveniente das Antilhas britânicas sofreria uma alta taxação.
d) Tea Act (Lei do Chá), pesado tributo que, sob a garantia do monopólio da Companhia das Índias Orientais, sediada em Londres, promovia a acumulação de capital.
e) Stamp Act (Lei do Selo), pelo qual todos os documentos, livros e jornais publicados na Colônia teriam de receber um selo da Metrópole, cujo valor era incorporado ao seu preço.




resposta:[B]

origem:Fatec
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:A Lei do Açúcar (1764), a Lei do Selo (1765) e a Lei Townshend (1767) representaram, quando implementadas, para
a) os EUA, um estopim à declaração de guerra à França, aliada, incondicionalmente, aos interesses ingleses.
b) a França e a Inglaterra, formas de arrecadação e controle sobre o Quebec e sobre as Treze Colônias.
c) os EUA, uma excepcional oportunidade, pela cobrança destes impostos, à ampliação de seus mercados interno e externo.
d) as Treze Colônias, uma medida tributária que possibilitou a expansão dos negócios da burguesia de Boston na Europa, marcando, assim, o início da importância dos EUA no cenário mundial.
e) a Inglaterra, uma alternativa para um maior controle sobre as Treze Colônias, e, também, uma medida tributária que permitisse saldar as dívidas contraídas na guerra com a França.




resposta:[E]

origem:Fatec
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Com relação à Independência dos EUA é correto afirmar:
a) ao final da Guerra dos Sete Anos, os cofres ingleses estavam em má situação, apesar de terem sido tomadas da França as regiões do Canadá e parte da Índia.
b) seu processo de emancipação, na segunda metade do século XVIII, é denominado Revolução Americana por muitos historiadores, porque foi a primeira das Revoluções Liberais que, a partir daí, iriam propagar-se pela Europa e pelo resto do mundo.
c) o antagonismo básico com a Inglaterra foi o interesse religioso da Metrópole, desejosa de manter a religião católica na América.
d) as treze colônias inglesas da América formaram-se com amplas liberdades, pois o mercantilismo aplicado pela Inglaterra carecia de rigor, diferentemente do que faziam os espanhóis e os portugueses em suas colônias.
e) insere-se num processo mundial ocorrido no final do século XVIII e início do século XIX, que colocou em crise a organização do sistema colonial, devido às necessidades da Inglaterra de adquirir produtos manufaturados.




resposta:[A]

origem:Ufrrj
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:"As correntes radicais que se pudessem encontrar na revolução Americana foram, na sua maioria, incapazes de surgir à superfície. O seu principal efeito foi o de promover a unificação das colônias numa única unidade política e a separação dessa unidade da Inglaterra." MOORE Jr, Barrington, "As origens sociais da ditadura e da Democracia". Lisboa, Martins Fontes, 1975. p. 143. A insurreição das treze colônias americanas ao domínio britânico, em 1775, iniciou o processo que culminaria na independência dos Estados Unidos. A Declaração de Independência de 4 de julho de 1776 continha os ideais de organização de uma nação livre. Dentre os fatores que favoreceram a independência americana, estão
a) a exploração do trabalho escravo nas plantations de algodão e a ausência de liberdade de imprensa.
b) a interferência inglesa no comércio e na indústria e a cobrança de impostos considerados injustos.
c) a proibição de abertura de indústrias e a proibição de ocupação das novas terras do oeste.
d) a imposição de taxas sobre a exportação do café e do tabaco e a interdição do livre comércio.
e) o Imposto do Selo que incidia sobre os produtos importados e o bloqueio aos produtos da colônia americana.




resposta:[B]

origem:Puc
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Sobre a independência dos Estados Unidos, podemos afirmar que
a) envolveu um conflito armado entre Inglaterra e França, a Guerra dos Sete Anos (1756-1763), e chegou ao fim com a conquista do Oeste, na metade do século XIX.
b) contou com mobilizações e ações armadas contra a cobrança de taxas e impostos, como a "Festa do Chá de Boston" (1773), e completou-se com a presidência de Abraham Lincoln.
c) iniciou-se sob influência da Revolução Francesa (1789) e das independências nas Américas Portuguesa e Espanhola, lideradas, respectivamente, por D. Pedro I e Simón Bolívar.
d) resultou da união das colônias inglesas nos Congressos da Filadélfia (1774 e 1775) e da influência das idéias de Maquiavel e de Hobbes, defensores do Estado republicano forte.
e) sofreu influência do pensamento iluminista francês e a declaração de independência (1776), redigida por Thomas Jefferson, antecedeu a obtenção da autonomia, conquistada por via militar.




resposta:[E]

origem:Puc
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Leia o comentário a seguir, relativo à história política americana, no século XVIII. "A segunda grande revisão de documentos escritos por Jefferson resultou no corte de um longo trecho - mais de 150 palavras - relacionado com a escravidão e o comércio de escravos". Tal afirmação do historiador Herbert Aptheker refere-se
a) à tentativa do Parlamento inglês de censurar o livro do filósofo Thomas Jefferson, Discurso sobre a Desigualdade, obra fundante do pensamento liberal.
b) ao manifesto que desencadeou a Guerra de Secessão nos Estados Unidos, graças à divergência de alguns estados sulistas quanto ao emprego do trabalho escravo.
c) à declaração de independência dos EUA, que não pôde incluir a condenação da escravidão no país, para garantir um relativo consenso entre os estados americanos.
d) ao fato de Jefferson manifestar, em seus escritos, a defesa da escravidão, o que dificultaria a adesão dos democratas a sua candidatura à presidência dos EUA.
e) às conhecidas tentativas de Jefferson, encarregado da redação dos discursos do presidente americano, Abraham Lincoln, de fazer passar suas idéias pessoais.




resposta:[C]

origem:Mackenzie
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Cremos, como verdades evidentes por si próprias, que todos os homens nasceram iguais e que receberam do seu Criador alguns direitos inalienáveis [que seria injusto retirar], como a vida, a liberdade e a busca da felicidade. Thomas Jefferson O fragmento de texto acima integra um importante documento da História da humanidade, e inspirou muitos combates pela liberdade na Europa e nas Américas. Esse documento é,
a) A Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.
b) A Declaração das Nações Unidas.
c) A Doutrina Monroe.
d) A Declaração de Independência dos E.U.A..
e) A Declaração de Libertação dos Escravos.




resposta:[D]

origem:Fatec
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Dentre os motivos da independência americana, destacam-se:
a) a Guerra dos Sete Anos, a política monopolista da Grã-Bretanha e a influência das idéias liberais iluministas.
b) a Guerra dos Setes Anos, a política liberal da Grã-Bretanha e a influência das idéias liberais iluministas.
c) a Guerra dos Setes Anos, a política monopolista da Grã-Bretanha, a independência do Brasil e a influência do fisiocratismo americano.
d) a Guerra dos Sete Anos, a política monopolista da Grã-Bretanha, a aliança com os indígenas da costa oeste americana e a influência das idéias monopolistas francesas.
e) a Guerra das Duas Rosas, a política monopolista da Grã-Bretanha, a independência do Brasil e a influência da Revolução Francesa.




resposta:[A]

origem:Fgv
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:As disputas entre França e Inglaterra mantiveram-se fora do continente europeu. A Guerra dos Sete Anos (1756-1763) é um desses momentos que teve por origem a(s):
a) solução para o impasse do trono irlandês sob tutela de Elizabeth I desde a morte de Mary Stuart desaprovada pelo governo francês;
b) áreas na América do Sul - as Guianas;
c) intolerância religiosa praticada pelos colonos ingleses;
d) autonomia das Treze Colônias Inglesas não reconhecida pela França;
e) áreas na América do Norte, principalmente a leste do Mississipi.




resposta:[E]

origem:Fgv
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Uma forma de arrecadação de imposto e de censura foi imposta pela metrópole inglesa aos colonos das Treze Colônias, em 1765, através da(s):
a) leis denominadas, pelos colonos, intoleráveis;
b) Lei do Selo;
c) Lei Townshend;
d) criação de um tribunal metropolitano de averiguação de preços e documentos na colônia.
e) permissão de circulação exclusiva de jornais ingleses metropolitanos.




resposta:[B]