Banco de dados de questões sobre Reforma Religiosa
questões de vestibulares
|

 

Questões Reforma Religiosa

REF. Pergunta/Resposta
origem:
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Todas as alternativas contêm objetivos da política da Igreja Católica, esboçada durante o Concílio de Trento, EXCETO:
a) A expansão da fé cristã.
b) A moralização do clero.
c) A reafirmação dos dogmas.
d) A perseguição às heresias.
e) O relaxamento do celibato.




resposta:[E]

origem:
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Todas as alternativas apresentam fatores que permitiram o avanço do Anglicanismo, EXCETO:
a) A fusão de dogmas protestantes ao formalismo dos ritos católicos.
b) O avanço das doutrinas protestantes entre as camadas populares.
c) O fortalecimento do internacionalismo do Papa a partir do Vaticano.
d) O interesse pelas propriedades da Igreja, especialmente pelas suas terras.
e) O objetivo do rei de fortalecer seu poder absolutista monárquico.




resposta:[C]

origem:
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Discorra sobre os principais fatores responsáveis pela eclosão da grande crise religiosa do século XVI, conhecida como Reforma, a qual deu origem ao protestantismo moderno.



resposta:A Reforma aconteceu devido á vários fatores como: muitos membros do clero viviam no luxo e na opulência contrastando assim com o ideal de pobreza pregado por algumas ordens religiosas,excesso de controles por parte da igreja e venda das indulgências.

origem:
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:"...comparar a Reforma com uma ponte que conduz não só de períodos escolásticos até ao nosso mundo do livre pensamento, mas, também, em direção oposta, adentro da Idade Média - talvez ainda mais além, sob a forma de uma transmissão cristã-católica, preservada do cisma, de um alegre amor à Cultura." (MANN, p. 13) Associando seus conhecimentos à análise do texto anterior, conclui-se que a Reforma:
(01) significou a reafirmação doutrinária e a reorganização institucional da Igreja de Roma.
(02) buscou resgatar as doutrinas teológico-filosóficas predominantes na Idade Média, caracterizadas pelos conflitos entre a fé e a razão.
(04) constituiu-se um renascimento religioso, por se contextualizar no processo geral de mudanças da Idade Média para a Idade Moderna.
(08) constituiu-se um marco cultural, vez que nos remete da Idade Média à Modernidade e, em sentido oposto, ao Mundo Antigo. (16) procurou recuperar o contato com as origens do pensamento cristão, impregnadas de simplicidade, de pureza e de amor à cultura. (32) caracterizou-se por um profundo revigoramento da espiritualidade católica e pela valorização da vida voltada para as coisas do espírito. (64) representou o fim da supremacia eclesiástica na Europa e o surgimento de diversas Igrejas reformadas, denominadas genericamente de protestantes. Soma ( )




resposta:02 + 04 + 08 + 16 + 64 = 94

origem:
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:TEXTO I: "Rivais dignos dos príncipes, os soberanos pontífices, os cardeais e os bispos... Hoje... os bispos apenas se preocupam em apascentar-se a si próprios, deixam o cuidado do rebanho a Cristo... esquecem que a palavra bispo significa trabalho, vigilância, solicitude. Servem-se apenas de tais qualidades quando pretendem recolher dinheiro..." (Erasmo de Rotterdam apud MELLO, p. 45) TEXTO II: "Tese 2. O papa não quer, nem pode, perdoar alguma pena, exceto aquelas que ele tenha imposto por sua própria vontade..." (Lutero apud MELLO, p. 54) TEXTO III: "Tese 21. Erram, pois, os pregadores das indulgências que dizem que, pelas indulgências do papa, o homem fica livre de toda a pena e fica salvo." (Idem) TEXTO IV: "O trabalhador é o que mais se assemelha a Deus... Um homem que não quer trabalhar não deve comer... O pobre é suspeito de preguiça, o que constitui uma injúria a Deus." (Calvino apud MELLO, p. 52) A análise dos textos e os conhecimentos sobre a Reforma permitem concluir:
(01) O movimento luterano questionou a infalibilidade papal e o seu poder de conceder a salvação aos cristãos.
(02) A Igreja Católica, no século XVI, foi contestada pelo caráter comercial que atribuiu às relações entre Deus e os fiéis.
(04) Os "pregadores das indulgências" mencionados na tese luterana contribuíram decisivamente para o aumento do poder real, pois atribuíam aos reis a indicação definitiva dos que deveriam ser salvos para o reino da glória.
(08) Erasmo de Rotterdam, quando afirmou que os bispos "deixam o cuidado do rebanho a Cristo", demonstrava a preocupação dos dignitários da Igreja com a vida material e espiritual das camadas populares, no século XVI. (16) Quando Calvino afirmou que "O trabalhador é o que mais se assemelha a Deus", enaltecia a dignidade do trabalho e reivindicava a melhoria das relações trabalhistas. (32) "O pobre é suspeito de preguiça, o que constitui uma injúria a Deus"; a afirmativa de Calvino encorajava o trabalhador e o lucro, o que favoreceu significativamente a construção de uma justificativa ética para o enriquecimento da burguesia. (64) A crise da Igreja Católica, no século XVI, propiciou, entre outras transformações socioeconômicas e político-culturais, o desenvolvimento do nacionalismo no Estado Moderno. Soma ( )




resposta:01 + 02 + 32 + 64 = 99

origem:Fuvest
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Na Europa do século XVI a religião foi usada como instrumento de fortalecimento do poder político, tanto nos Estados católicos quanto nos protestantes. Explique esse processo nos casos da Espanha e da Inglaterra.



resposta:

origem:Fuvest
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:O período 1450-1550, de transição da Medievalidade para a Modernidade, conheceu dentre outras características:
a) decadência econômica e racionalização da vida religiosa.
b) revalorização do aristotelismo e consolidação do Estado Absolutista.
c) forte efervescência religiosa e intensa expansão comercial.
d) avanço do liberalismo burguês e recuo do feudalismo.
e) hegemonia européia francesa e despontar da arte gótica.




resposta:[C]

origem:Fuvest
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Alguns historiadores admitem conexão entre o Calvinismo e o desenvolvimento do capitalismo a partir do século XVI. Indique dois aspectos dessa conexão.



resposta:

origem:Fuvest
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Um dos principais aspectos do complexo quadro histórico que permitiu as Reformas Religiosas do século XVI foi
a) o Cisma do Ocidente, que Lutero se propunha a superar.
b) a crise econômica, que a teologia de Calvino poderia solucionar.
c) o autoritarismo da Igreja combatido por Inácio de Loyola.
d) a rica espiritualidade, não satisfeita pelo formalismo da Igreja.
e) o nacionalismo religioso, defendido principalmente por Filipe II.




resposta:[D]

origem:Unicamp
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:No dia 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero, professor de teologia da Universidade de Wittemberg, afixou na porta de uma igreja daquela cidade um documento em que eram expostas noventa e cinco teses. (Baseado em Elton, G.R., "Historia de Europa", México, Siglo Veintiuno, 1974, p.2.)
a) Que processo histórico o gesto de Lutero inaugurou?
b) Cite duas práticas adotadas pela igreja católica condenadas por Lutero.
c) Por que se considera que esse processo histórico acabou facilitando o desenvolvimento do capitalismo?




resposta:

origem:Fuvest
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Sobre a Reforma religiosa, do século XVI, é correto afirmar que
a) nas áreas em que ela penetrou, obteve ampla adesão em todas as camadas da sociedade.
b) foi um fenômeno tão elitista quanto o Renascimento, permanecendo afastada das massas rurais e urbanas.
c) nada teve a ver com o desenvolvimento das modernas economias capitalistas.
d) fundamentou-se nas doutrinas da salvação pelas obras e na falibilidade da Igreja e da Bíblia.
e) acabou por ficar restrita à Alemanha luterana, à Holanda calvinista e à Inglaterra anglicana.




resposta:[A]

origem:Outros
tópico:
Historia

sub-grupo:Reforma Religiosa

pergunta:Por que as teses Luteranas interessavam a Nobreza Alemã?



resposta: