Banco de dados de questões sobre Repúlblica Oligárquica
questões de vestibulares
|

 

Questões Repúlblica Oligárquica

REF. Pergunta/Resposta
origem:Puc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:A charge do gaúcho Alfredo Storni feita em 1927 critica uma prática bastante utilizada no período que ficou conhecido como República Velha (1989 - 1930).

Sobre a charge e esse período da história brasileira, pode-se afirmar: I - A charge satiriza o voto imposto e controlado pelos coronéis e que ficou conhecido como voto de cabresto. II - A mulher que aparece na charge representa a República e está condenando a velha prática do coronelismo de indicar candidatos ao seu "curral eleitoral". III - A charge reforça a idéia de que as eleições na República Velha representavam uma farsa, pois eram os chefes locais que determinavam em qual candidato o eleitorado sob seu domínio deveria votar. IV - Após a instauração da República, o coronelismo foi enfraquecendo e o voto passou a ser secreto, dificultando assim, a manipulação do eleitorado. Estão corretas:
a) I e IV.
b) I e III.
c) II e IV.
d) III e IV.
e) I e II.



resposta:[B]

origem:Puc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Quando determinou, em 1904, a abertura da Avenida Central - atualmente Avenida Rio Branco -, no Centro, a primeira via pensada para os automóveis, o prefeito Pereira Passos dificilmente teria imaginado que o Rio, em algum momento, abrigaria dois milhões de veículos. Naquela época, a cidade tinha pouco mais de dez carros, todos eles na Zona Sul. Um século depois, a Avenida Rio Branco registra um movimento de mais de 40.500 veículos todos os dias. "O Globo", 2 set. 2007. O texto apresenta uma das transformações ocorridas no Rio de Janeiro, ao longo do século XX. Acerca de seus significados e conseqüências, é correto afirmar que: I - Representou, no setor dos transportes, mudança causadora do progresso e da integração de diversos bairros e regiões da cidade. II - Concretizou, por iniciativa dos dirigentes governamentais, o projeto de equiparar a cidade, capital da República até 1960, aos padrões de desenvolvimento internacional. III - Ocasionou, em função da ausência de planejamento sistemático, desequilíbrios entre a expansão urbana e o atendimento às demandas por transportes coletivos. IV - Associou-se, desde a reforma urbana promovida por Pereira Passos, a um conjunto de intervenções políticas baseadas nos ideais de modernização capitalista. Estão corretas:
a) somente as afirmativas I e II.
b) somente as afirmativas I e IV.
c) somente as afirmativas II e III.
d) somente as afirmativas III e IV.
e) todas as afirmativas.




resposta:[D]

origem:Unicamp
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:"Com 800 mil habitantes, o Rio de Janeiro era uma cidade perigosa. Espreitando a vida dos cariocas estavam diversos tipos de doenças, bem como autoridades capazes de promover sem qualquer cerimônia uma invasão de privacidade. A capital da jovem República era uma vergonha para a nação. As políticas de saneamento de Oswaldo Cruz mexeram com a vida de todo mundo. Sobretudo dos pobres. A lei que tornou obrigatória a vacinação foi aprovada pelo governo em 31 de outubro de 1904; sua regulamentação exigia comprovantes de vacinação para matrículas em escolas, empregos, viagens, hospedagens e casamentos. A reação popular, conhecida como Revolta da Vacina, se distinguiu pelo trágico desencontro de boas intenções: as de Oswaldo Cruz e as da população. Mas em nenhum momento podemos acusar o povo de falta de clareza sobre o que acontecia à sua volta. Ele tinha noção clara dos limites da ação do Estado." (Adaptado de José Murilo de Carvalho, "Abaixo a vacina!". "Revista Nossa História", ano 2, n- 13, novembro de 2004, p. 74.) A partir da leitura do texto e de seus conhecimentos, responda às questões a seguir:
a) De que maneira as medidas sanitárias, no Rio de Janeiro do início do século XX, "mexeram com a vida de todo mundo, sobretudo dos pobres"?
b) Indique dois fatores que restringiam a participação política dos trabalhadores na Primeira República.




resposta:

origem:Uece
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Sobre a economia agroexportadora brasileira durante a república velha, é INCORRETO afirmar que:
a) A maioria das exportações girava em torno do café e da borracha.
b) O açúcar ainda tinha importância embora, de modo geral, os engenhos nordestinos estivessem em decadência.
c) O sul do Brasil exportava carne, couro e erva- mate bem como iniciou, com sucesso, uma grande produção de açúcar mascavo, muito bem aceito na Europa.
d) As plantações de cacau espalhavam-se pela Bahia, principalmente em Ilhéus, graças às indústrias de chocolate na Europa.




resposta:[C]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:No século XX o movimento sindical teve, no Brasil, um percurso instável, com dificuldades de visibilidade política. Na primeira metade do século XX, o movimento sindical no Brasil:
a) foi radicalmente tutelado pelo Estado, sem conseguir fazer greves expressivas contra o poder.
b) teve a liderança do Partido Comunista desde a primeira década da Republica dos Coronéis.
c) enfrentou repressão policial dos governos centrais, embora fosse também cooptados em alguns momentos.
d) considerou-se nos anos de 1920, com a afirmação de lideranças anarquistas nos grandes centros urbanos.
e) viveu sua autonomia política antes do varguismo, com o domínio dos grupos liberais e reformistas.




resposta:[C]

origem:Fuvest
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Sobre a economia brasileira durante a Primeira República, é possível destacar os seguintes elementos:
a) exportações dirigidas aos mercados europeus e asiáticos e crescimento da pecuária no Nordeste.
b) investimentos britânicos no setor de serviços e produção de bens primários para a exportação.
c) protecionismo alfandegário para estimular a indústria e notável ampliação do mercado interno.
d) aplicação de capital estrangeiro na indústria e consolidação do café como único produto de exportação.
e) integração regional e plano federal de defesa da comercialização da borracha na Amazônia.




resposta:[B]

origem:Puc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Lampião é tratado, no cordel, como um
a) guerreiro capaz de garantir a segurança dos sertanejos contra ameaças estrangeiras, daí os versos "Foi para conter tal fúria/que Lampião foi chamado".
b) humanista dedicado ao próximo, daí os versos "Lampião fazia o bem/a muitos necessitados/ principalmente aos mendigos, aos cegos e aos aleijados".
c) personagem ambíguo que ajudava, mas também matava, daí os versos "dava esmola e entrevista" e "Conduzia Lampião/suplícios martirizantes".
d) devoto que se dedicava principalmente à causa religiosa, daí os versos "seu mais ilustre afilhado,/o mais devoto romeiro".
e) militar de carreira e político, daí os versos "é sabido que a patente/honrosa de capitão/Virgulino recebeu/do padre Cícero Romão" e "recebia autoridades".




resposta:[C]

origem:Puc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Sobre as relações entre três movimentos que marcaram o Brasil nas décadas de 1920 ou 1930 (cangaço, atuação do Padre Cícero e Coluna Prestes), podemos dizer que
a) os cangaceiros representavam o banditismo do sertão e a Coluna Prestes os combateu em sua tentativa de implantar o socialismo no país.
b) Padre Cícero, Lampião e Luis Carlos Prestes foram os três maiores líderes populares da história brasileira e se uniram para transformar o país.
c) a Coluna Prestes nasceu nos levantes tenentistas e defendia o poder popular, expresso, entre outros, pela ação do cangaço e pela fé religiosa.
d) Padre Cícero e o cangaço, diferentemente da Coluna Prestes, foram manifestações populares ligadas à vida e à história nordestina.
e) as volantes contaram com o auxílio da Coluna Prestes e do Padre Cícero e seus fiéis na perseguição e destruição dos grupos de cangaceiros.




resposta:[D]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:O período da História do Brasil compreendido entre 1889 e 1930 é denominado por muitos historiadores de República Velha. Neste período, diversas revoltas e movimentos sociais ocorreram. Leia atentamente as seguintes afirmativas sobre essas revoltas e movimentos sociais: I. A Guerra do Contestado (1912-1916) ocorreu na fronteira entre Paraná e Santa Catarina. II. Antônio Conselheiro foi o principal líder da Revolta de Canudos, a qual reuniu milhares de pessoas, entre elas, sertanejos que não possuíam terras, ex-escravos e pequenos proprietários pobres. III. A Revolta da Vacina ocorreu no Rio de Janeiro em virtude do excesso de ações tomadas em nome da modernização e das péssimas condições de vida de grande parte da população, que teve como estopim a obrigatoriedade da vacina contra a varíola. IV. A Revolta da Chibata denunciava o rígido código de disciplina da marinha, que punia as faltas graves com chibatadas, além da má alimentação e dos miseráveis soldos (salários) que os marinheiros recebiam. Assinale a alternativa CORRETA:
a) Apenas a proposição IV é verdadeira.
b) Apenas as proposições I e II são verdadeiras.
c) Apenas as proposições I, II e IV são verdadeiras.
d) Apenas a proposição II é verdadeira;
e) Todas as proposições são verdadeiras.




resposta:[E]

origem:Ufsc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Na década de 1920, eclode no Brasil um descontentamento de um setor militar, o qual ficou conhecido como "tenentismo". Em relação a este assunto, é CORRETO afirmar que:
(01) o movimento tenentista pregava a moralização da vida pública e a defesa dos interesses nacionais.
(02) dentre sua liderança destacou-se Luís Carlos Prestes, que liderou a "Coluna Prestes" e percorreu mais de 24.000 km pelo interior do Brasil. Seu maior objetivo era depor o governo de Getúlio Vargas.
(04) a "Coluna Prestes" propunha a destituição do presidente Artur Bernardes e da República Oligárquica.
(08) o movimento tenentista foi fortalecido no sertão nordestino com o apoio decisivo de "Lampião", líder dos cangaceiros. (16) a "Coluna Prestes" nunca foi derrotada pelas tropas do exército. No entanto, internou-se na Bolívia onde se dispersou em 1927. Seu líder maior, Luís Carlos Prestes, ficou conhecido como "Cavaleiro da Esperança".




resposta:1 + 4 + 16 = 21

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Analise o documento sobre as eleições no Brasil.

A charge critica o sistema eleitoral no período da(o)
a) República Velha, quando o voto era aberto e não havia Justiça Eleitoral.
b) Estado Novo, quando o autoritarismo de Vargas manipulou o eleitorado.
c) Segunda República, quando as eleições diretas para presidente, através do voto "a cabresto", elegeram Vargas.
d) República do Café-com-Leite, dominada pelas oligarquias paulista e mineira, que usavam o voto censitário para se alternarem no poder.
e) Primeira República, quando o PSD e a UDN se valiam da violência e fraudes para alcançar o poder.



resposta:[A]

origem:Uece
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:"Nossos caboclos do mato são fáceis de se fanatizar e, se for exato o que se ouve, é necessária a ação enérgica". A advertência feita ao governador do Estado de Santa Catarina, Vidal Ramos em 1912 é do Cel. Campos Moraes. Ele considerava perigoso para o poder local o ajuntamento de sertanejos pobres em torno do Curandeiro José Maria. (Fonte: MACHADO, Paulo Pinheiro. "Lideranças do Contestado: a formação e atuação de chefias caboclas (1912-1916)". Campinas: Editora da Unicamp, 2004, p.13.) Analise o texto anterior e assinale o correto.
a) O fragmento acima se refere à Guerra do Constestado que, para a imprensa e as autoridades militares, era uma reedição do fanatismo de Canudos.
b) O movimento do Contestado foi, sem dúvida, religioso com características messiânicas, mas só ingressavam no grupo meninas virgens e meninos puros, para a construção de uma nova Jerusalém.
c) José Maria, o líder do Contestado, era um missionário franciscano, alemão que atuou no Planalto Catarinense, entre 1890 e 1930.
d) A população do Contestado era muito religiosa, louvava a monarquia e o retorno da Casa Real de Bragança ao trono Brasileiro.




resposta:[A]