Banco de dados de questões sobre Repúlblica da Espada
questões de vestibulares
|

 

Questões Repúlblica da Espada

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufu
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:Por ora a cor do governo é puramente militar e deverá ser assim. O fato foi deles, deles só, porque a colaboração do elemento civil foi quase nula. O povo assistiu àquilo bestializado, atônito, surpreso, sem conhecer o que significava. Aristides Lobo. "Diário Popular". Rio de Janeiro, 15/11/1889. O Brasil não tem povo. Louis Couty. In: CARVALHO, José Murilo de. "Os bestializados". São Paulo: Cia. Das Letras, 1989. Tomando como referência as citações acima e a relação delas com o contexto social e político após a Proclamação da República no Brasil, pode-se afirmar que: I - o comentário de Aristides Lobo refere-se ao caráter elitista da proclamação, realizada por militares com o apoio das oligarquias cafeeiras, transformando a população civil em meros espectadores. II - a fala de Louis Couty, partidário da ala revolucionária dos republicanos, refere-se ao processo de exclusão social, instaurado a partir da proclamação e consolidado pelos republicanos jacobinos na montagem do Governo Provisório, na chamada República da Espada. III - a participação popular nas decisões políticas concretizou-se a partir da promulgação da Constituição de 1891, com a qual criava-se uma República Federativa de cunho regionalista e ampliava-se o direito de voto, tornando-o universal e secreto. IV - a mentalidade positivista assumida pelos oficiais do exército, em defesa da modernização a ser promovida pela República, tinha como perspectiva a instalação de um regime que superasse o "atraso" mantido pelo Império e promovesse a "ordem" para viabilizar o "progresso" capitalista. Assinale a alternativa que contém somente afirmações corretas.
a) II e III
b) I e IV
c) I e II
d) II e IV




resposta:[B]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:"Entre 1893 e 1895, o sul do Brasil foi palco de uma sangrenta guerra que colocou frente a frente republicanos jacobinos e positivistas contra os antigos liberais do regime monárquico. A violência das facções, o terror indiscriminado e sobretudo o apelo a chavões ideológicos como justificadores da ação bélica e repressiva antecipam as carnificinas do século XX cometidas em nome de ideais progressistas ou reacionários". FRANCO, Sérgio da Costa. "A guerra civil de 1893". Porto Alegre: Ed. da Universidade/UFRGS, 1993. A guerra civil descrita no texto foi a
a) Guerra do Contestado.
b) Revolta dos Mückers.
c) Revolta da Armada.
d) Revolução Federalista.
e) Revolução Farroupilha.




resposta:[D]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:São aspectos do Governo de Floriano Peixoto:
a) promulgação da Constituição de 1891, Revolta da Chibata e Crise do Encilhamento.
b) a grande naturalização de estrangeiros, Revolta da Vacina e Política dos Governadores.
c) a questão da legalidade, a Revolta da Armada e a Revolta Federalista no Rio Grande do Sul.
d) reorganização da Comissão Verificadora de Poderes, aplicação de uma nova política econômica marcada pelo "funding loan" e fortalecimento da Política do Café com Leite.
e) a Guerra do Contestado, o combate ao coronelismo e o tenentismo.




resposta:[C]

origem:Puc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:O clima de crise permanente que caracterizou o mandato de Floriano Peixoto, segundo presidente do Brasil, foi provocado:
a) pelo problema da sucessão entre "civilistas" e "militaristas", tendo como foco principal a figura de Rui Barbosa.
b) pelo desencadeamento do problema de Canudos, que envolveu grande parte do Exército brasileiro.
c) pela contestação da legalidade da sucessão do vice-presidente e da necessidade de novas eleições após a renúncia de Deodoro da Fonseca.
d) pela manutenção da política de Deodoro, sobretudo quanto à dissolução do Congresso e à permanência do estado de sítio.
e) pelo descontentamento dos cafeicultores, ainda inconformados com a abolição da escravatura.




resposta:[C]

origem:Ufrs
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:Observe o cartum a seguir, que faz referência à proclamação da República no Brasil.

Considere as seguintes afirmações, referentes a elementos do cartum. I - A figura feminina empunhando a bandeira representa a nova república brasileira, instaurada através do golpe militar de 15 de novembro. II - A bandeira representada na imagem constituiria a versão preliminar da atual, que seria acrescida da divisa positivista. III - Em segundo plano, montado a cavalo, aparece a figura do suposto "proclamador" da República, o marechal Floriano Peixoto. Quais estão corretas?
a) Apenas II.
b) Apenas I e II.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.



resposta:[B]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:Na época da instauração da República no Brasil, verifica-se a existência de três projetos ideológicos distintos para a República. Esses projetos são comumente chamados de liberal, jacobino e positivista. A respeito de tais projetos, associe a 2 coluna (características) de acordo com a 1 (projetos republicanos) e, a seguir, marque a alternativa que apresenta a seqüência CORRETA. 1 Coluna 1. Projeto Liberal 2. Projeto Jacobino 3. Projeto Positivista 2 Coluna ( ) Baseado nas idéias do francês Auguste Comte (1798-1857). ( ) Inspirava-se nas idéias republicanas de Danton e Robespierre. ( ) Sua inspiração republicana viera da idéia de república dos Estados Unidos da América. ( ) Era defendido pelos cafeicultores paulistas e pregava a descentralização política. ( ) A participação popular na administração era vista como um requisito necessário para um regime que deveria ser fundado na liberdade e na vontade geral. ( ) Segundo esse projeto, cabia ao Estado zelar pela ordem, proteger os cidadãos e garantir os seus direitos, de modo quase que tutelar.
a) 3 - 2 - 1 - 2 - 3 - 1
b) 3 - 2 - 1 - 1 - 2 - 3
c) 1 - 3 - 2 - 3 - 2 - 12
d) 1 - 3 - 2 - 2 - 1 - 3




resposta:[B]

origem:Puc
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:Segundo o historiador Jose Murilo de Carvalho, o povo acompanhou bestializado a criação do regime republicano no Brasil. Essa afirmação pode explicar nossa Proclamação da República no Brasil como:
a) adoção das teses sobre a ordem e o progresso, inspiradas na revolução norte-americana do século XVIII.
b) uma ruptura com os valores liberais, instituídos pelo ideário dos membros do clube militar do Rio de Janeiro.
c) um golpe militar ou quartelada, que instaurou novo modelo político nos moldes que tivemos mais tarde em 1964.
d) estabelecimento de uma nova ordem social, que promovia a igualdade social com base na organização do trabalho.




resposta:[C]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:Obedecendo, pois, às exigências do voto nacional, com todo o respeito devido à dignidade das funções públicas que acabais de exercer, somos forçados a notificar-vos que o Governo Provisório espera do vosso patriotismo o sacrifício de deixardes o território brasileiro, com a vossa família, no mais breve prazo possível. Para esse fim já vos estabeleceu o prazo máximo de 24 horas, que contamos não tentareis exceder. Mensagem do governo provisório da República, anunciando oficialmente o banimento de D. Pedro II em 16 de novembro de 1889. In.: "Almanaque Abril", 2005. CD-Rom. O documento acima retrata um momento importante da história política do Brasil: a expulsão da Família Real. Acerca do banimento de Dom Pedro II, é CORRETO afirmar:
a) Tornou-se uma questão urgente para os republicanos, por causa do elevado carisma que Pedro II desfrutava junto à população brasileira, principalmente entre os ex-escravos.
b) Foi provocado principalmente pelas atitudes despóticas do imperador e por sua nacionalidade portuguesa, contrárias ao pensamento liberal e ao espírito lusófobo brasileiro do período.
c) Foi uma exigência do movimento popular republicano, como garantia de manutenção da ordem, até que o Governo Provisório realizasse um plebiscito acerca do regime político para o país.
d) Representou a nova atitude dos republicanos em romper definitivamente com a aristocracia do Império, formada por grandes proprietários de terras, substituindo-a pelos membros da classe média urbana.




resposta:[A]

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:Observe a figura a seguir, identifique o contexto histórico e analise a participação popular nele.


resposta:

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:(...) a cor do governo é puramente militar e deverá ser assim. O fato foi deles, deles só, porque a colaboração do elemento civil foi quase nula. Aristides Lobo Apud: PENNA, Lincoln Abreu. "Uma História da República". Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 1989. Aristides Lobo, político e jornalista, era um republicano histórico e, apesar de aplaudir a instituição da república no Brasil em 1889, discordava da forma como os militares no poder organizavam o novo sistema de governo. Apresente duas características do sistema político idealizado pelos republicanos históricos e indique dois segmentos sociais que apoiaram essas idéias.



resposta:

origem:
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica da Espada

pergunta:A relação entre o exército e o governo da Primeira República, após 1894, pode ser caracterizada como um(a)
a) acordo estratégico entre a burguesia industrial e as Forças Armadas.
b) aliança política entre a economia cafeeira e a ordem social militarista.
c) disputa eleitoral entre os partidos políticos liderados por civis e pelos coronéis.
d) embate ideológico entre a democracia liberal e a proposta do "soldado-cidadão".




resposta:[D]