Banco de dados de questões do vestibular Unicamp
questões de vestibulares
|

 

Questões Unicamp

REF. Pergunta/Resposta
origem:Unicamp-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:

pergunta:A guerra civil americana afetou diretamente a indústria têxtil inglesa. A carência de matéria-prima levou a Inglaterra a incentivar o cultivo do algodão em várias partes do mundo. Em 1861, chegaram remessas de sementes de algodão a São Paulo distribuídas pela Associação para Suprimento do Algodão de Manchester. Em 1863, foram enviados os primeiros sacos produzidos nas terras do coronel Manoel Lopes de Oliveira. Os relatórios confirmaram a boa qualidade do algodão paulista. (Adaptado de Alice Canabrava, O algodão em São Paulo - 1861-75. São Paulo: T.A. Queiroz Editor, 1984, p. 3-11).
a) Explique por que se pode considerar a guerra civil americana uma experiência decisiva para o capitalismo nos EUA.
b) A partir do texto, quais os vínculos entre a agricultura paulista e a indústria inglesa?



resposta:
a) Porque, ao opor dois modelos econômicos, o sul agrário e escravista e o norte industrializado, a vitória do norte nesse conflito significou o fim do sistema de plantation, com a abolição da escravidão, o aumento do mercado consumidor e o incentivo ao desenvolvimento da industrialização em nível nacional.
b)Durante a Guerra Civil dos EUA, a indústria têxtil da Ingleterra necessitava de matéria-prima fazendo com que surgissem assim a produção de algodão nos países onde "comandava"( tinha forte influência).Por isso surgiu o "surto algodoeiro paulista".

origem:Unicamp-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:

pergunta:

Mapas extraídos de H. L. Wesseling. Dividir para dominar: a partilha da África, 1880-1914. São Paulo: Revan/Rio de Janeiro: Ed. da UFRJ, 1998, p. 462-463. (Adaptado).
a) A que processo histórico os mapas acima se referem?
b) Quais os interesses dos europeus pela África, nesse período?
c) Caracterize o processo de descolonização da África.


resposta:


origem:Unicamp-2004
tópico:
Brasil

sub-grupo:Repúlblica Oligárquica

pergunta:Na repressão à greve de 1917, em São Paulo, o Comitê de Defesa dos Direitos do Homem do Rio de Janeiro denunciou: Todos os componentes do Comitê de Defesa Proletária e os membros mais ativos dos sindicatos, das ligas, dos centros e dos periódicos libertários foram agarrados e encarcerados. As oficinas em que se fazia o semanário A Plebe foram invadidas, tendo sido o seu diretor preso. Para muitos presos, foi preparada a expulsão do território nacional. (Adaptado de Paulo Sérgio Pinheiro & Michael Hall, A classe operária no Brasil, 1889-1930. Documentos. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1981, vol. II, p. 265-266).
a) Qual foi a importância da greve de 1917 em São Paulo?
b) A partir do texto, identifique as formas de repressão adotadas pelo governo de São Paulo contra a greve de 1917.
c) Qual o papel da imprensa operária nas primeiras décadas do século XX no Brasil?



resposta:


origem:Unicamp-2004
tópico:
Geral

sub-grupo:Relações Históricas

pergunta:Em um samba da década de 1930, o compositor Noel Rosa dizia: Amor lá no morro é amor pra chuchu. As rimas do samba não são I love you . E esse negócio de alô, alô, boy , alô, Johnny Só pode ser conversa de telefone. (Noel Rosa, Não tem tradução, Mestres da MPB - Noel Rosa e Aracy de Almeida. Continental/Warner, 1994).
a) Identifique nesse samba o fenômeno cultural criticado pelo autor.
b) Indique dois dos principais meios de comunicação de massa ligados a esse fenômeno cultural.
c) Caracterize o contexto histórico de que esse fenômeno cultural faz parte.



resposta:


origem:Unicamp-2004
tópico:
Historia

sub-grupo:Guerra Fria

pergunta:Ao analisar a política internacional entre as décadas de 1950-70, o historiador Eric Hobsbawm afirmou: O confronto de superpotências dominava e, em certa medida, estabilizava as relações entre os Estados em todo o mundo. Entretanto, as superpotências não controlavam uma das regiões de tensão do Terceiro Mundo: o Oriente Médio. Vários dos aliados americanos se achavam diretamente envolvidos - Israel, Turquia e o Irã do xá. Além disso, a sucessão de revoluções locais, como a do Irã em 1979, provou que a região era e continua sendo socialmente instável. (Adaptado de Eric Hobsbawm, A era dos extremos. São Paulo: Companhia das Letras, 1996, p. 351).
a) Quais as superpotências envolvidas na Guerra Fria?
b) O que foi a Revolução do Irã em 1979?
c) O que é a ONU e qual seu papel no cenário internacional?



resposta:


origem:Unicamp-2005
tópico:
Brasil

sub-grupo:Sistema Colonial Brasileiro

pergunta:Um dos maiores problemas nos estudos históricos no Brasil acerca da escravidão é seu relativo desconhecimento da história e da cultura africanas. Aí, a história do Congo tem muitas lições a dar, quer para os interessados no estudo da África, quer para os estudiosos da escravidão e da cultura negra na diáspora colonial. Afinal, a região do Congo-Angola foi daquelas que mais forneceram africanos para o Brasil, especialmente para o Sudeste, posição assumida no século XVII e consolidada na virada do século XVIII para o XIX.(Adaptado de Ronaldo Vainfas e Marina de Mello e Sousa, "Catolização e poder no tempo do tráfico: o reino do Congo da conversão coroada ao movimento Antoniano, séculos XV-XVIII", Tempo. n. 6, 1998, p. 95-6).
a) O que foi a diáspora colonial citada no texto acima?
b) Identifique duas influências africanas no Brasil atual.
c) Nomeie e explique, no Brasil atual, uma decorrência da prática da escravidão negra.



resposta:
a)Define o deslocamento, normalmente forçado ou incentivado, de grandes massas populacionais originárias de uma zona determinada para várias áreas de acolhimento distintas.No caso, da dispersão da cultura africana nos domínios coloniais europeus.
b)No samba e no candomblé.
c)Preconceito racial.

origem:Unicamp-2005
tópico:
Brasil

sub-grupo:

pergunta:O termo feitor foi utilizado em Portugal e no Brasil colonial para designar diversas ocupações. Na época da expansão marítima portuguesa, as feitorias espalhadas pela costa africana e, depois, pelas Índias e pelo Brasil tinham feitores na direção dos entrepostos com função mercantil, militar, diplomática. No Brasil, porém, o sistema de feitorias teve menor significado do que nas outras conquistas, ficando o termo feitor muito associado à administração de empresas agrícolas. (Adaptado de Ronaldo Vainfas (org.), "Dicionário do Brasil Colonial". Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 2000, p. 222).
a) Indique características do sistema de feitorias empreendido por Portugal.
b) Qual a produção agrícola predominante no Brasil entre os séculos XVI e XVII? Quais as funções desempenhadas pelo feitor nessas empresas agrícolas?



resposta:


origem:Unicamp-2005
tópico:
Brasil

sub-grupo:Revolução de 64 - Ditadura Militar

pergunta:Em 1970, o Brasil se consagrou tri-campeão mundial de futebol, quando se cantava: Noventa milhões em ação, pra frente, Brasil do meu coração. (...) Salve a seleção. Falava-se de um "Brasil Grande", "Brasil Potência", e distribuíam-se adesivos com a inscrição "Brasil, ame-o ou deixe-o". Com bandeiras do Brasil na mão, cantavase repetidamente "Este é um país que vai pra frente". (Adaptado de Elio Gaspari, "A ditadura escancarada". São Paulo: Companhia das Letras, 2002, p. 207-8).
a) Relacione slogans como "Esse é um país que vai pra frente" com o chamado "milagre econômico".
b) Relacione o slogan "Ame-o ou deixe-o" com a repressão do regime militar instaurado em 1964.
c) Cite e caracterize um movimento de oposição ao regime militar.



resposta:


origem:Unicamp-2005
tópico:
Brasil

sub-grupo:República Liberal

pergunta: O Instituto Brasileiro de Ação Democrática (IBAD) e o Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais (IPES) se destacaram na oposição ao governo de João Goulart (1961-1964) e no combate ao comunismo. Ambos financiavam dezenas de programas semanais de rádio, como o "Cadeia de Democracia", opondo-se a emissoras de orientação legalista, como a Rádio Mayrink Veiga, fechada após o golpe militar de 1964. (Adaptado de René A. Dreifuss, 1964: "A conquista do Estado". Petrópolis: Vozes, 1981, p. 149 e de Lia Calabre, "A era do rádio". Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004, p. 50).
a) Por que o rádio era o meio de comunicação mais cobiçado pelos políticos no período apontado no texto?
b) Por que instituições como as mencionadas no texto consideravam João Goulart um presidente comunista?
c) Quais os significados da expressão "orientação legalista", acima mencionada, no contexto do governo de João Goulart e no contexto do regime militar de 1964?



resposta:


origem:Unicamp-2005
tópico:
Geral

sub-grupo:Antiguidade Clássica - Grécia

pergunta:Se Roma existe, é por seus homens e seus hábitos. Sem nossas instituições antigas, sem nossas tradições venerandas, sem nossos singulares heróis, teria sido impossível aos mais ilustres cidadãos fundar e manter, durante tão longo tempo, a nossa República. (Adaptado de Cícero, Da República, em "Os Pensadores", v. 5. São Paulo: Abril Cultural, 1983, p. 184).
a) Nomeie e caracterize uma das instituições políticas da República romana (509-31a.C.).
b) A expansão, ocorrida durante a República, fez com que os romanos tivessem contato com o mundo helenista e incorporassem alguns costumes e tradições. O que foi o helenismo e qual sua importância na Roma republicana?



resposta:


origem:Unicamp-2005
tópico:
Historia

sub-grupo:Independência dos Estados Unidos

pergunta:Na emissão de suas primeiras moedas, os EUA decidiram pelo uso de símbolos como a corrente, a águia, as estrelas e a imagem de uma mulher representando a Liberdade. Decidiu-se diferenciar o dólar americano de outras moedas, como as inglesas que traziam o retrato do monarca George III. (Adaptado de Jack Weatherford, "História do Dinheiro". São Paulo: Negócio Editora, 1999, p. 123-4).
a) O que essa primeira emissão de moedas simbolizava?
b) Mencione dois motivos centrais da disputa entre a Inglaterra e sua colônia na América que resultaram na independência dos EUA.
c) O dólar tornou-se um padrão monetário internacional ao final da Segunda Guerra Mundial. O que isso significou?



resposta:


origem:Unicamp-2005
tópico:
Historia

sub-grupo:Revolução Industrial

pergunta:O livro "Utopia", escrito pelo humanista Thomas More, em 1516, divide-se em duas partes. Na primeira, More descreveu a situação de seu país, dizendo: (...) os inumeráveis rebanhos que cobrem hoje toda a Inglaterra são de tal sorte vorazes e ferozes que devoram mesmo os homens e despovoam os campos, as casas, as aldeias. Onde se recolhe a lã mais fina e mais preciosa, acorrem, em disputa de terreno, os nobres, os ricos e até santos abades. Eles subtraem vastos terrenos da agricultura e os convertem em pastagens, enquanto honestos cultivadores são expulsos de suas casas. (Adaptado de Thomas More, "Utopia". São Paulo: Nova Cultural, 2000, p. 7 e 29-30). Na segunda parte do livro, More concebeu uma ilha imaginária chamada Utopia.
a) Explique o que foi o processo de cercamentos ocorrido na Inglaterra a partir do século XVI.
b) Qual o significado de utopia para Thomas More?



resposta: