Questões de Gramática - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|
 

Questões Gramática

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Uerj2005
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:

22¡. Anuário de Criação da Cidade de São Paulo
(INFANTE, Ulisses. "Curso de gramática: aplicada aos textos". São Paulo: Scipione, 2001.)

O emprego de ponto ao final da palavra "crack", no anúncio, é um recurso utilizado para mostrar que:
a) a legenda constitui enunciado completo, expressando idéia de princípio, meio e fim
b) a mensagem tem caráter moralizante, ressaltando o potencial destrutivo das drogas
c) a construção fere a norma padrão da língua, enfatizando o impacto da mensagem
d) a palavra adquire valor onomatopéico, reproduzindo o som da fratura presente na imagem


resposta:[A]

vestibular Ufrrj2005
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Em "este foi difícil", marque a opção que apresenta a justificativa correta para o uso das aspas:
a) mudança do interlocutor.
b) ironia.
c) ênfase.
d) estilo poético da autora.
e) exemplificação.



resposta:[A]

vestibular Unicamp2005
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Foi no tempo em que a Bandeirantes recém-inaugurara suas novas instalações no Morumbi. Não havia transporte público até o nosso local de trabalho, e a direção da casa organizou um serviço com viaturas próprias. (...) Paraná era um dos motoristas. (...)
Numa das subidas para o Morumbi "fechou" sem nenhuma maldade um automóvel. O cidadão que o dirigia estava com os filhos, era diretor do São Paulo F.C., e largou o verbo em cima do pobre do Paraná. Que respondeu à altura. Logo depois que a perua chegou ao Morumbi, todo mundo de ponto batido, o automóvel pára em frente da porta dos funcionários, e o seu condutor desce bufando: "Onde está o motorista dessa perua? (e lá vinha chegando o Paraná). Você me ofendeu na frente dos meus filhos. Não tem o direito de agir dessa forma, me chamar do nome que me chamou. Vou falar ao João Saad, que é meu amigo!"
E o Paraná, já fuzilando, dedo em riste, tonitruou em seu sotaque mais que explícito: " 'Le' chamei e 'le' chamo de novo... veado ... veado ..." Não houve reação da parte ofendida.
(Flávio Araújo, "O rádio, o futebol e a vida". São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2001, p. 50-1).

a) Na seqüência "(...) e largou o verbo em cima do pobre do Paraná. Que respondeu à altura", se trocarmos o ponto final que aparece depois de 'Paraná' por uma vírgula, ocorrem mudanças na leitura? Justifique.
b) O trecho da resposta de Paraná "Le chamei e le chamo de novo ..." chama a atenção do leitor para a sintaxe da língua. Explique.
c) Substitua 'tonitruou' por outra palavra ou expressão.



resposta:a) A vírgula seria mais adequada que o ponto final, pois não ocorre o encerramento do período, visto que a última palavra da frase limitada pelo ponto (Paraná) é retomada pelo pronome relativo que.

b) O "le" da fala do Paraná é uma variante do pronome "lhe".

c) Gritou, clamou em altos brados.

vestibular Uerj2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Algumas preposições podem expressar sentidos variados e introduzir termos com funções sintáticas diversas.
No exemplo "Pequeno deu a quantia determinada pela esposa de Zé Gordo", (texto II), a preposição POR tem características semânticas e sintáticas idênticas às da seguinte alternativa:
a) "caibros cobertos, em geral, POR telhas de zinco"
b) "num desespero absoluto e que POR ser absoluto é calado."
c) "que se estendia POR caminhos muitas vezes sem sentido algum"
d) "becos que, POR terem só uma entrada, se tornam becos sem saídas,"




resposta:[A]

vestibular Ufrs2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas do texto.

a) a - às - a - à
b) à - às - a - à
c) à - as - à - a
d) a - às - a - a
e) a - as - à - à



resposta:[D]

vestibular Uerj2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Alguns vocábulos do texto aparecem abaixo seguidos de uma análise gramatical.
Esta análise está incorreta na seguinte alternativa:
a) "havia" (v. 6) - está na terceira pessoa do singular, por se tratar de verbo impessoal
b) "Que" (v. 8) - é conjunção consecutiva, por introduzir o efeito do fato expresso no verso 7
c) "fosse" (v. 12) - é forma do pretérito imperfeito do subjuntivo, por exprimir hipótese
d) "atenta" (v. 18) - está no feminino, por constituir um exemplo de silepse de gênero




resposta:[D]

vestibular Ufrn2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:O aviso reproduzido abaixo - e afixado no mural de uma escola - provocou discussão durante a aula de Língua Portuguesa.

ATENÇÃO!
Reforma-se, com qualidade reconhecida no mercado, bancos escolares, sem excessão de modelo ou material.
Se você precisar do nosso serviço, entre em contato conosco, que te atenderemos com presteza.
Garantimos que nossos materiais de acabamento não retém sujeira.

Bancos e Bancas
Rua do Conserto, s/n
Bairro: Verniz Incolor
São José Marceneiro - RN
Fone: *··*··*

Apesar de terem considerado o aviso eficaz no que se refere a sua função comunicativa, os alunos identificaram, no texto, alguns problemas em relação ao uso da norma culta da língua escrita.

Sendo assim, solucione esses problemas reescrevendo o texto e alterando APENAS o necessário.



resposta:Reformam-se, com qualidade reconhecida no mercado, bancos escolares, sem exceção de modelo ou de material.
Se você precisar de nosso serviço, entre em contato conosco, que o atenderemos com presteza.
Garantimos que nossos materiais de acabamento não retêm sujeira.

vestibular Ufrs2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas do texto.

a) descobriram - afastado - Analisadas - prevêm
b) descobriu - afastados - Analisadas - prevêem
c) descobriu - afastados - Analisada - preveem
d) descobriu - afastado - Analisada - prevêem
e) descobriram - afastados - Analisadas - prevêm



resposta:[B]

vestibular Ufrs2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Se a expressão A ESPÉCIE HUMANA (ref. 9) fosse substituída por OS SERES HUMANOS, quantas outras alterações seriam necessárias na frase em questão?

a) Uma.
b) Duas.
c) Três.
d) Quatro.
e) Cinco.



resposta:[C]

vestibular Ufscar2004
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Uma das principais características da obra de Guimarães Rosa é sua linguagem artificiosamente inventada, barroca até certo ponto, mas instrumento adequado para sua narração, na qual o sertão acaba universalizado.

a) Transcreva um trecho do texto apresentado, onde esse tipo de "invenção" ocorre.
b) Transcreva um trecho em que a sintaxe utilizada por Rosa configura uma variação lingüística que contraria o registro prescrito pela língua padrão.



resposta:a) "Mas, se não tem Deus, há-de a gente perdidos no vai-vem, e a vida é burra".

b) "...a gente perdidos..."
"...é todos contra o acaso".

vestibular Ufpe2005
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:Segundo a norma padrão da língua portuguesa, a alternativa em que as regras da concordância nominal e verbal foram respeitadas é:
a) O resultado das mais recentes pesquisas, em anexo, mostraram índices preocupantes. Faltou soluções mais decisivas.
b) Fiquem alerta: nenhum dos programas apresentados concederam prioridade à produção do texto escrito.
c) Minas Gerais desenvolve pesquisas de ponta na área da alfabetização. Um novo grupo assumiram, eles mesmo, a coordenação dessas pesquisas.
d) Foi passada uma série de informações infundadas: a maioria dos alunos lê literatura brasileira. Qual das pesquisas já enfatizou isso?
e) Os pesquisadores, eles mesmo, em quase sua totalidade, está de acordo em relação à urgência do incentivo à leitura.



resposta:[D]

vestibular Ufrrj2005
tópico:Gramática

sub-grupo:
pergunta:O texto encontra-se repleto de expressões próprias do padrão coloquial. A passagem que apresenta inadequação ao padrão culto da língua, quanto à concordância verbal, é:
a) "Tá, tia. Bota mais." (ref. 1).
b) "Você vai esquecer elas todas." (ref. 2).
c) "Quando a gente não quiser mais ser escravo dos ricos (...)" (ref. 3).
d) "(...) pros ricos ficar tudo pobre?" (ref. 4).
e) "Você sabe qual é a coisa mais melhor do mundo?" (ref. 5).



resposta:[D]