Questões de Literatura - Perguntas e Respostas Comentadas - Exercícios
questões de vestibulares
|
 

Questões Literatura

REF. Perguntas / Respostas
vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Simbolismo
pergunta:Para as estrelas de cristais gelados
as ânsias e os desejos vão subindo,
galgando azuis e siderais noivados
de nuvens brancas a amplidão vestindo.

Na estrofe anterior, note-se a ânsia de infinitude, o clima de sonho, a sublimação dos desejos, o movimento ascensional, a exploração simbólica do branco. São características da poesia de
a) Olavo Bilac.
b) Gonçalves Dias.
c) Cruz e Sousa.
d) Fagundes Varela.
e) Casimiro de Abreu.



resposta:[C]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Realismo/Naturalismo/Parnasianismo
pergunta:Indique o trecho em que há visíveis marcas do estilo naturalista.

a) O vulto da mulher, quase invisível à frouxa luz do luar, pareceu-lhe uma fantasmagoria, e seu coração bateu mais forte, ao compasso das ondas, da música do mar que chegava pelo vento...
b) (...) tem tão bom céu e goza de tão bons ares toda a terra do Brasil, que nenhuma das causas que costumam fazer dano por outras regiões o fazem nela, nem cobram forças para o poderem fazer.
c) Quanta graça devemos à Fé que nos destes, porque ela só nos cativa o entendimento, para que, à vista destas desigualdades, reconheçamos contudo vossa justiça e previdência!
d) Tremiam-lhe as carnes como ao contato de um condutor elétrico, a distender-lhe os nervos escabujando na rede em espreguiçamentos lúbricos, vergando, como um vencido, ao poder irresistível da animalidade humana.
e) Na repartição, os pequenos empregados, amanuenses e escreventes, tendo notícia desse seu estudo do idioma tupiniquim, deram não se sabe por que em chamá-lo - Ubirajara.



resposta:[D]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Modernismo
pergunta:Na década de 50 deste século, ocorreram fatos de relevo em nossa literatura:

I. João Guimarães Rosa publicou o romance GRANDE SERTÃO: VEREDAS e as novelas de CORPO DE BAILE.
II. Surgiu o movimento de vanguarda conhecido como Poesia Concreta.
III. Estreou João Cabral de Melo Neto, com seu livro de poemas A LUTA CORPORAL.

Está INCORRETO o que vem afirmado APENAS em
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) I e III.



resposta:[C]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Modernismo
pergunta:Eu estava agora tão maior que não me via mais. Tão grande como uma paisagem ao longe. Eu era ao longe. (...) como poderei dizer senão timidamente assim: a vida se me é. A vida se me é, e eu não entendo o que digo.

O fragmento anterior revela a crise mesma do ato de criação, a dificuldade de colocar em palavras as sensações mais profundas e silenciosas - o que é um dos traços característicos da prosa ficcional de
a) Clarice Lispector.
b) Mário de Andrade.
c) Érico Veríssimo.
d) Euclides da Cunha.
e) Marques Rebelo.



resposta:[A]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Realismo/Naturalismo/Parnasianismo
pergunta:Indique a afirmação INCORRETA sobre Machado de Assis.

a) MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS, romance, e PAPÉIS AVULSOS, contos, representam o ingresso do autor em sua "segunda fase", certamente mais importante que a primeira.
b) Nos anos 80 do século passado, adotou francamente os princípios filosóficos e estéticos do Naturalismo, abandonando o idealismo romântico das primeiras obras.
c) No extraordinário romance em que adotou o ponto de vista de um "defunto autor", o enredo é freqüentemente interrompido por referências ao processo de composição do livro.
d) Tal como ocorreu com outros autores da época, parte de sua obra, antes de ser recolhida em livro, foi publicada em jornais; no caso dos romances, em capítulos, ou "folhetins".
e) Sua ficção madura não se põe a serviço de causas históricas ou de teses científicas; revela, com precisão e ironia, o que está por trás das situações e do comportamento humano.



resposta:[B]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Modernismo
pergunta:Considere as seguintes afirmações sobre a produção literária de Mário de Andrade:

I. Na década de 20, o marco de sua ficção está nessa "rapsódia" em que busca demonstrar não o "caráter do homem brasileiro", mas o aspecto pluralista de nossa cultura, representada pelo mais estranho dos "heróis".
II. Sua poesia chegou a servir, de certo modo, como exemplificação de seus ideais estéticos: veja-se a íntima relação entre o "Prefácio interessantíssimo" e os poemas de PAULICÉIA DESVAIRADA.
III. É enorme o interesse pela cultura popular, e não apenas pelas manifestações artísticas desta: é na linguagem das ruas que vai buscar as bases de uma verdadeira "gramática brasileira".

Está correto o que vem afirmado em
a) I, apenas.
b) I e II apenas.
c) I e III apenas.
d) II e III apenas.
e) I, II e III.



resposta:[E]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Modernismo
pergunta:O CAPOEIRA

- Qué apanha sordado?
- O quê?
- Qué apanhá?
Pernas e cabeças na calçada

Estão presentes no poema anterior, de Oswald de Andrade, os seguintes recursos de sua poética:
a) instantâneo da realidade e transcrição de fala.
b) paródia de poema romântico e lirismo contido.
c) transcrição de fala e lirismo contido.
d) ironia melancólica e instantâneo da realidade.
e) humor irônico e paródia do parnasianismo.



resposta:[A]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Romantismo
pergunta:Como se lê num espelho,
Pude ler nos olhos seus!
Os olhos mostram a alma,
Que as ondas postas em calma,
Também refletem os céus;
Mas ai de mi!
Nem já sei qual fiquei sendo
Depois que os vi!

Considere as seguintes afirmações sobre os versos anteriores, do poeta romântico Gonçalves Dias:

I. Na lírica amorosa romântica, as forças do amor e os elementos da natureza são comparáveis entre si porque sugerem a idéia de uma composição harmoniosa e equilibrada.
II. Os olhos serenos da amada representam para o poeta o repouso de seus próprios olhos, que neles se consolam da agitação da vida.
III. A paixão romântica é com freqüência expressa como perturbação dos sentidos e perda da própria identidade de quem ama.

Está correto o que vem afirmado apenas em
a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.



resposta:[C]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Arcadismo
pergunta:Sou pastor; não te nego; os meus montados
São esses, que aí vês; vivo contente
Ao trazer entre a relva florescente
A doce companhia do meu gado.

Nos versos anteriores, de Cláudio Manuel da Costa, exemplifica-se o seguinte traço da lírica arcádica:
a) valorização das circunstâncias biográficas do poeta.
b) imaginação delirante de paisagens exóticas.
c) valorização das classes humildes, opostas às aristocráticas.
d) representação da natureza amena e do sentimento bucólico.
e) representação da natureza como espelho das fortes paixões.



resposta:[D]

vestibular Uel1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Modernismo
pergunta:COTA ZERO

Stop.
A vida parou
foi o automóvel?

Os versos anteriores são de Carlos Drummond de Andrade, na fase de sua poesia em que
a) a temática social passa a constituir o centro de suas preocupações.
b) se deixou influenciar, ainda jovem, pela prosa poética dos neo-simbolistas.
c) escreve as peças elegíacas de CLARO ENIGMA e FAZENDEIRO DO AR.
d) passa a registrar, quase em tom de crônica, os fatos de seu passado mineiro.
e) se revela diretamente influenciado pela poética do Modernismo de 22.



resposta:[E]

vestibular Ufv1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Classicismo e Quinhentismo
pergunta:Sobre José de Anchieta é INCORRETO afirmar que:
a) cultivou especialmente os autos, buscando, na alegoria, tornar mais acessíveis às mentes indígenas os conceitos e os dogmas do cristianismo.
b) no teatro, o "Auto de São Lourenço" destaca-se como obra catequética de influência medieval.
c) na poesia lírica encontram-se suas mais belas composições, expressivas de uma fé profunda.
d) apesar de pautada na língua e na cultura do índio, sua produção literária não se caracteriza como literatura já tipicamente brasileira.
e) sua obra teatral, marcadamente alegórica e anti-religiosa, moldou-se nos padrões renascentistas.



resposta:[E]

vestibular Ufv1999
tópico:Literatura

sub-grupo:Barroco
pergunta:Leia o soneto a seguir, de autoria de Gregório de Mattos:

Pequei, Senhor, mas não porque hei pecado,
Da vossa piedade me despido,
Porque quanto mais tenho delinqüido,
Vos tenho a perdoar mais empenhado.

Se basta a vos irar tanto pecado,
A abrandar-vos sobeja um só gemido,
Que a mesma culpa, que vos há ofendido,
Vos tem para o perdão lisonjeado.

Se uma ovelha perdida, e já cobrada
Glória tal e prazer tão repentino
vos deu, como afirmais na Sacra História:

Eu sou, Senhor, a ovelha desgarrada,
Cobrai-a, e não queiras, Pastor divino,
Perder na vossa ovelha a vossa glória.
(Cf. DIMAS, Antônio. "Seleção de textos, notas, estudos biográficos, histórico e crítico." 2 ed. São Paulo: Nova Cultural, 1988. p. 141s)

Assinale a alternativa INCORRETA:
a) No jogo de antíteses, o poeta vê-se como culpado, mas também ovelha indispensável ao Pastor Divino.
b) O argumento do poeta, arrependido, constrói-se pelo jogo de idéias, ou seja, o cultismo.
c) O poeta recorre ao texto bíblico para justificar, perante Deus, a necessidade de ser perdoado.
d) Segundo o poeta, o perdão de sua culpa favorecia a ambos: tanto ao culpado, quanto ao Pastor Divino.
e) O poeta busca, em sua linguagem dualista, conciliar, poeticamente, fé e razão.



resposta:[B]