Banco de dados de questões do vestibular
questões de vestibulares
|
 

Questões UNIFESP

REF. Pergunta/Resposta
origem:Unifesp-2008
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:O DNA e o RNA que ingerimos em nossa alimentação são digeridos no mesmo local e sob ação da mesma secreção que promove, também, a digestão dos lipídios. Portanto, é correto afirmar que:
a) a digestão que ocorre na boca quebra grandes moléculas de DNA e RNA em cadeias polipeptídicas menores, que posteriormente sofrerão a ação dos ácidos presentes no estômago.
b) o local da digestão do DNA e RNA é o intestino delgado, mais propriamente o duodeno, a secreção que atua nessa digestão possui pH alcalino e não é produzida no duodeno.
c) o produto final da digestão dos lipídios são ácidos graxos e glicerol, ao passo que, no caso de DNA e RNA, o resultado da digestão são peptídeos de cadeia curta.
d) DNA e RNA, sendo compostos levemente ácidos, são digeridos mediante a ação de enzimas que atuam em meio fortemente ácido, ao passo que os lipídios são emulsificados não por ácidos, mas por sais presentes nessas enzimas.
e) os produtos da digestão dos lipídios são absorvidos no intestino delgado e utilizados pelo corpo, enquanto os produtos da digestão de DNA e RNA são eliminados nas fezes, por não serem passíveis de uso.

resposta:[B]

origem:Unifesp-2008
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Nos acidentes com derramamento de petróleo em grandes extensões no mar, alguns dos principais impactos negativos estão relacionados à formação de uma camada de óleo sobre a área atingida. Sobre tais acidentes, pode-se dizer que
a) a camada de óleo impede a penetração de luz e, com isso, a realização de fotossíntese pelas algas bentônicas, que são os principais organismos fotossintetizantes do sistema oceânico.
b) o óleo derramado impedirá a dissolução do oxigênio atmosférico na água, causando a morte de peixes em grande extensão, mesmo daqueles que não tiveram contato com o óleo.
c) ao ser derramado, o óleo forma uma película superficial que não afeta tanto os organismos marinhos, pois eles se deslocam, mas atinge principalmente as aves pescadoras, pois o óleo impregna suas penas e elas morrem afogadas.
d) a camada de óleo atinge diretamente o plâncton, que é a principal fonte de produção primária para o ambiente marinho e configura-se como a base da cadeia trófica oceânica.
e) o zooplâncton é a porção mais afetada, pois os organismos morrem impregnados pelo óleo, ao contrário do fitoplâncton, que possui parede celular que os impermeabiliza e permite sua sobrevivência nesses casos.

resposta:[D]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:No gráfico, as curvas I, II e III representam o consumo das principais reservas de energia no corpo de uma pessoa em privação alimentar.




A curva que se relaciona corretamente ao tipo de reserva que representa é
a) I - gordura; II - proteína; III - carboidrato.
b) I - proteína; II - gordura; III - carboidrato.
c) I - proteína; II - carboidrato; III - gordura.
d) I - carboidrato; II - proteína; III - gordura.
e) I - carboidrato; II - gordura; III - proteína.

resposta:[E]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:A presença de ovos com envoltório rígido é mencionada como uma das principais características que propiciaram a conquista do ambiente terrestre aos vertebrados. Contudo, essa característica só resultou em sucesso adaptativo porque veio acompanhada de outra novidade evolutiva para o grupo no qual surgiu. Tal novidade foi:
a) a total impermeabilidade da casca.
b) o cuidado à prole.
c) a fecundação interna.
d) o controle interno da temperatura.
e) a eliminação de excretas pela casca.

resposta:[C]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Esta é a turma do Bob Esponja:




Lula Molusco é supostamente uma lula; Patric, uma estrela-do-mar; o Sr. Siriguejo, um caranguejo; e Bob é supostamente uma esponja-do-mar. Cada um, portanto, pertence a um grupo animal diferente. Se eles forem colocados segundo a ordem evolutiva de surgimento dos grupos animais a que pertencem, teremos respectivamente:
a) esponja-do-mar, estrela-do-mar, lula e caranguejo.
b) esponja-do-mar, lula, caranguejo e estrela-do-mar.
c) estrela-do-mar, esponja-do-mar, caranguejo e lula.
d) estrela-do-mar, lula, caranguejo e esponja-do-mar.
e) lula, esponja-do-mar, estrela-do-mar e caranguejo.

resposta:[B]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Um professor deseja fazer a demonstração da abertura dos estômatos de uma planta mantida em condições controladas de luz, concentração de gás carbônico e suprimento hídrico. Para que os estômatos se abram, o professor deve:
a) fornecer luz, aumentar a concentração de CO‚ circundante e manter o solo ligeiramente seco.
b) fornecer luz, aumentar a concentração de CO‚ circundante e baixar a umidade do ar ao redor.
c) fornecer luz, diminuir a concentração de CO‚ circundante e adicionar água ao solo.
d) apagar a luz, diminuir a concentração de CO‚ circundante e adicionar água ao solo.
e) apagar a luz, certificar-se de que a concentração de CO‚ circundante esteja normal e aumentar a umidade do ar ao redor.

resposta:[C]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Botânica

sub-grupo:

pergunta:A figura mostra uma espiga de milho em que cada grão é um ovário desenvolvido e contém grande quantidade de amido, um polímero que é formado a partir de precursores produzidos pela planta.




Considerando a origem da espiga e do amido, é correto afirmar que cada grão de milho:
a) é um fruto e o amido ali presente teve sua origem em precursores formados a partir da fecundação da oosfera e dos estames.
b) é uma semente e o amido ali presente teve sua origem em precursores formados a partir da dupla fecundação e do ovário.
c) é um fruto e o amido ali presente teve sua origem em precursores que procedem do ovário e de qualquer outro órgão da planta.
d) é uma semente e o amido ali presente teve sua origem em precursores que procedem do fruto e das folhas.
e) é uma semente e o amido ali presente teve sua origem em precursores que procedem do único cotilédone que o embrião possui.

resposta:[C]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Citologia

sub-grupo:

pergunta:Certos fármacos, como a colchicina, ligam-se às moléculas de tubulina e impedem que elas se associem para formar microtúbulos. Quando células em divisão são tratadas com essas substâncias, a mitose é interrompida na metáfase. Células contendo dois pares de cromossomos homólogos foram tratadas com colchicina, durante um ciclo celular. Após o tratamento, essas células ficaram com:
a) quatro cromossomos.
b) dois cromossomos.
c) seis cromossomos.
d) dez cromossomos.
e) oito cromossomos.

resposta:[E]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Genética

sub-grupo:

pergunta:O mapeamento de toda a seqüência de nucleotídeos existente nos 23 pares de cromossomos humanos
a) é o que ainda falta fazer após a conclusão do projeto Genoma Humano em 2003.
b) é a condição necessária para se saber o número de moléculas de RNA existentes em nosso organismo.
c) é o que nos permitiria conhecer qual a real proporção de proteínas em relação às moléculas de DNA que possuímos.
d) é o que foi conseguido pelos pesquisadores há alguns anos, sendo apenas um passo no conhecimento de nosso genoma.
e) significa decifrar o código genético, que só foi descoberto depois da conclusão do projeto Genoma Humano em 2003.

resposta:[D]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:No artigo "Retrato molecular do Brasil" ("Ciência Hoje", 2001), Sérgio Penna, pesquisador da Universidade Federal de Minas Gerais, revelou que a contribuição dos europeus na composição genética do povo brasileiro fez-se basicamente por meio de indivíduos do sexo masculino, enquanto a contribuição genética de povos indígenas e africanos deu-se por meio das mulheres. Tais conclusões são possíveis com base em estudos moleculares, respectivamente, do DNA do cromossomo
a) X e de autossomos.
b) Y e de autossomos.
c) Y e do cromossomo X.
d) Y e mitocondrial.
e) X e mitocondrial.

resposta:[D]

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Na produção de cerveja, são usadas principalmente duas linhagens de leveduras:

I. Saccharomyces cerevisae , que apresenta altos índices de formação de gás carbônico;
II. Saccharomyces carlsbergensis , que possui índices mais baixos de formação desse gás.

Em geral, as cervejas inglesas contêm maior teor alcoólico que as cervejas brasileiras e cada uma delas usa uma linhagem diferente de levedura.
a) Qual linhagem de levedura é usada para produzir a cerveja brasileira? Justifique sua resposta.
b) Um estudante argumentou que, para aumentar a quantidade de gás carbônico produzido, bastaria aumentar a quantidade de leveduras respirando no meio de cultura. O argumento é válido ou não? Por quê?

resposta:a) Saccharomyces carlsbergensis , pois índices mais baixos de CO‚ significa também menor teor alcoólico.

b) O argumento é válido, pois a respiração libera mais CO‚ por mol de glicose quando comparada a fermentação alcoólica.

origem:Unifesp-2007
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Em 1839, um único exemplar de figo-da-índia, planta da família dos cactos, foi levado do Brasil para a Austrália, onde essas plantas não existiam. Em 40 anos, quatro milhões de hectares daquele país estavam cobertos pela planta e, depois de 90 anos, essa área era de 25 milhões de hectares. No final da década de 1990, algumas plantas de figo-da-índia foram trazidas da Austrália para o Brasil para que seu pólen fosse inoculado em flores das plantas daqui, visando aproveitamento econômico dos resultados. Depois de algum tempo, porém, verificou-se que essas plantas inoculadas com pólen das plantas australianas não produziam frutos.
a) Considerando que clima, solo e condições físicas do ambiente entre a Austrália e o Brasil são semelhantes e que ambos possuem biomas com características parecidas, elabore uma hipótese para explicar por que na Austrália o figo-da-índia invadiu uma área tão grande, enquanto aqui isso não ocorreu.
b) Como você explica que plantas brasileiras submetidas à polinização com pólen de plantas australianas, no final da década de 1990, não tenham produzido frutos?

resposta:a) Ocorrência de um nicho disponível, falta de competidores, predadores e parasitas.

b) Ocorreu o isolamento geográfico, que provavelmente, levou a um isolamento reprodutivo. Ocorreu o processo de especiação.

 


morfologia sistema circulatorio arterias, veias e coração