Banco de dados de questões do vestibular
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufes

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufes-2000
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Dados fornecidos em dezembro de 1998 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) indicam que o número de pacientes em diálise no Brasil é de aproximadamente 36.000. De acordo com a mesma fonte, a Região Sudeste é responsável por 20.000 doentes desse total. O esquema abaixo representa uma máquina que realiza hemodiálise, ou seja, um rim artificial. Após analisá-lo, assinale a proposição CORRETA.
a) As excretas difundem-se através das membranas semipermeáveis, devido ao gradiente de difusão existente entre o sangue e o líquido de diálise.
b) A diálise mantém normal a composição do líquido corporal e substitui todas as funções desempenhadas pelos rins.
c) No líquido da diálise, encontram-se substâncias normalmente ausentes no plasma sangüíneo.
d) A intensidade máxima de transferência dos produtos tóxicos (solutos) ocorre inicialmente quando o gradiente de concentração destes é menor.
e) A intensidade do movimento do soluto através da membrana de diálise independe da concentração do mesmo entre as duas soluções.

resposta:[A]

origem:Ufes-2000
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Em relação à Leishmaniose, é CORRETO afirmar:
a) Os municípios que apresentam maior número de casos de doença são aqueles em que ocorre alto consumo de águas superficiais, sem tratamento ou deficientemente tratadas.
b) O fim das matas e de sua fauna levou a leishmaniose a adaptar-se ao ciclo domiciliar.
c) O quadro atual da doença, instalado no Estado, pode ser revertido com a recuperação das matas ciliares e das capoeiras, com a diminuição da insolação e com medidas de saneamento básico.
d) As condições climáticas e geográficas da região litorânea favorecem a disseminação da doença.
e) A eliminação de cães portadores da doença e o uso de inseticidas nas áreas com focos de anofelinos são medidas profiláticas usuais.

resposta:[B]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Parte da matéria orgânica produzida pela fotossíntese, nas folhas das plantas de cana-de-açúcar, é transportada pelo floema e armazenado no caule sob a forma de sacarose, carboidrato altamente energético. Quanto ao processo de digestão dos carboidratos, pode-se afirmar que
a) a digestão dos carboidratos inicia-se na boca, por meio da mastigação e da ação da amilopsina, contida na saliva.
b) a sacarose é desdobrada durante a digestão em uma molécula de maltose e uma de glicose.
c) a digestão da sacarose inicia-se na boca e termina no estômago sob a ação da sacarase.
d) os monossacarídeos, produtos da digestão de carboidratos, são recolhidos por capilares sangüíneos do intestino delgado.
e) a glicose, quando não é de necessidade imediata para energia, é armazenada na forma de glicogênio e convertida em gordura nas células musculares.

resposta:[D]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Uma forma de utilização da energia gerada a partir da hidrólise dos compostos de carbono é o calor. Alguns animais se tornaram independentes das variações de temperatura do ambiente, com o desenvolvimento da endotermia. São características dos animais endotérmicos, EXCETO
a) a capacidade de respostas rápidas a estímulos externos como captura de presa ou fuga do predador.
b) a melhor adaptação para sobrevivência em qualquer parte do planeta.
c) a separação parcial entre sangue venoso e arterial, o que determina menor eficiência em levar alimentos às células.
d) o estabelecimento de processos para dissipação do excesso de calor, como a transpiração ou os movimentos específicos das penas.
e) a maior eficiência do processo de respiração, a fim de manter alto e constante o suprimento de oxigênio necessário aos processos de oxidação celular.

resposta:[C]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Os apagões e os racionamentos, como os da Califórnia e do Brasil, estão acontecendo, sobretudo em decorrência da falta de investimento em geração de formas alternativas de energia. A civilização contemporânea tornou-se dependente dos combustíveis fósseis para produção de energia. Em 1997, o Protocolo de Kioto estabeleceu um esquema que visa reduzir, em escala global, a emissão de gases causadores do efeito estufa, dentre os quais o principal é o dióxido de carbono (CO‚). O Protocolo pode servir para resolver o problema energético mundial, desde que todos os países industrializados ou não obedeçam às suas premissas.

O texto cita o Protocolo de Kioto, que trata do efeito estufa. Sobre tal efeito foram feitas as seguintes afirmativas:

I - O dióxido de carbono é liberado em grandes quantidades pela queima de lenha e combustíveis fósseis, tais como carvão, petróleo e gás natural.
II - Devido à industrialização, as fábricas de carvão passaram a liberar CO‚ a uma velocidade maior do que as plantas e os mares podiam absorver.
III - As queimadas e derrubadas de árvores levam ao aumento da taxa de CO‚ atmosférico.
IV - O aumento do CO‚ atmosférico determina a elevação da temperatura da Terra, causando com isto o derretimento das geleiras e o aumento do nível dos oceanos, promovendo inundações litorâneas.

As afirmativas CORRETAS são
a) apenas I, II e III.
b) apenas II, III e IV.
c) apenas I e III.
d) apenas II e IV.
e) I, II, III e IV.

resposta:[E]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:O Carbono é o constituinte básico de todos os compostos orgânicos, sendo utilizado como fonte primária de energia pelos seres vivos. Quanto a sua utilização por esses organismos, é CORRETO afirmar que
a) os autótrofos e os heterótrofos devolvem o carbono à atmosfera na forma de CO‚, através da respiração ou da fotossíntese.
b) o dióxido de carbono atmosférico absorvido pelos animais entra na síntese dos carboidratos que, juntamente com proteínas e lipídeos, formam os seus tecidos.
c) a quantidade de energia contida nas moléculas de gordura e carboidratos passará ao longo da cadeia alimentar, de um organismo para o outro, aumentando a cada nível trófico.
d) as bactérias dos nódulos radiculares fixam o carbono atmosférico e fornecem parte dele à planta hospedeira.
e) o carbono é incorporado ao esqueleto dos vertebrados e de alguns invertebrados, como os foraminíferos e moluscos.

resposta:[E]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:



Marcondes. A.C. & Lammoglia, D.A. "Aulas de Biologia". v. 2. São Paulo, Atual, 1985:270 (adaptado)

Considerando o esquema do ciclo do carbono, mostrado acima, assinale a alternativa INCORRETA:
a) A transformação da forma inorgânica do gás carbônico em orgânica ocorre através da etapa identificada em 1.
b) A emissão de dióxido de carbono, devido ao aumento do processo 5, pode refletir diretamente em um aumento da taxa de ocorrência de 2.
c) O retorno à atmosfera na forma de gás carbônico é realizado pelos processos 2, 3 e 5.
d) Compostos orgânicos de carbono, submetidos à etapa identificada em 4, se transformam em combustíveis fósseis.
e) A utilização dos combustíveis fósseis pelo homem tem restituído à atmosfera átomos de carbono, na forma de CO‚.

resposta:[B]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Um par de genes determina resistência a um fungo que ataca a cana-de-açúcar e os indivíduos suscetíveis (aa) apresentam freqüência de 0,25. Em uma população que está em equilíbrio de Hardy-Weinberg, a freqüência de heterozigotos será:
a) 15%
b) 25%
c) 50%
d) 75%
e) 100%

resposta:[C]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:"Em novembro do ano passado, o Projeto Genoma Cana-de-Açúcar (SucEST), da FAPESP, concluiu o seqüenciamento de 50 mil genes da planta. [...] Agora, se preparam para um grande e inusitado salto para o país: fazer genômica aplicada, isto é, transformar os dados e informações gerados pelo seqüenciamento em produtos ou aplicações com valor comercial.[...] Os pesquisadores brasileiros selecionarão mil genes da cana, dentre 50 mil seqüenciados, que se sabe estarem relacionados com a resistência da planta a doenças e ao estresse (frio, seca e condições do solo) e, ainda, ao metabolismo da planta, isto é, seu crescimento, produtividade e produção de açúcar."
http://www.revistapesquisa.fapesp.br/ (1/7/2001)

As características da cana-de-açúcar, citadas no texto acima, estão relacionadas ao metabolismo da planta e se justificam pelo fato de
a) as plantas C„, como a cana-de-açúcar e o milho, terem maior crescimento sob o forte calor tropical do que as plantas Cƒ como o trigo, a aveia e o arroz.
b) as taxas de fotossíntese das plantas C„, como cana-de-açúcar, poderem ser, sob as mesmas condições ambientais, duas ou três vezes menores do que as das plantas Cƒ.
c) a cana-de-açúcar ser uma planta CAM, utilizar mais eficientemente o CO‚, e por isso ter maior, produtividade e maior eficiência no uso da água.
d) a cana-de-açúcar ter maior eficiência no uso do CO‚, ser uma planta CAM e apresentar genes que poderão ser usados para produção de plantas adaptadas a altas temperaturas.
e) a cana-de-açúcar ser uma planta característica de ambientes secos com alta intensidade luminosa podendo ter muito sucesso no hemisfério norte, sob temperaturas abaixo de 25°C.

resposta:[A]

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:Três grupos de alunos realizaram cruzamentos-testes entre plantas de tomate para o estudo de diferentes genes. Os grupos obtiveram os seguintes resultados:




a) Indique o(s) grupo(s) que trabalhou (trabalharam) com genes ligados, Justifique.

b) O que significa, em Genética, o termo ligação? Qual é a sua utilidade para a pesquisa científica?

c) Calcule a distância, em unidades de mapa genético, entre os genes pesquisados pelos alunos do grupo G2.

resposta:a) Todos os grupos trabalharam com genes ligados no mesmo cromossomo. A recombinação gênica (crossig-over) não ocorre entre genes localizados em cromossomos diferentes.

b) Ligação fatorial (ou linkage) refere-se a genes situados linearmente no mesmo cromossomo. Genes próximos permutam com menor freqüência, genes mais distantes apresentam maior taxa de recombinação. Deste modo, através da análise das taxas de recombinação, é possível ter-se uma noção relativa das distâncias entre os genes ligados. De posse das distâncias relativas pode-se, então, elaborar mapas cromossômicos.

c) Os genes pesquisados pelo grupo G2 distam entre si 14 unidades de recombinação (UR), pois permutam com uma freqüência de 14%.

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:HEPATITE B CONTAMINA 8% EM RIO BANANAL
O índice, o maior do Estado, é quase 20 vezes superior ao aceitável pela Organização Mundial de Saúde.
"A Tribuna", 1/8/2001.

Um aluno do Ensino Médio de Rio Bananal, preocupado com a contaminação por hepatite B, pretende produzir um texto informativo para esclarecer a população do seu município. Nesse sentido, fez um levantamento e observou que:

I - a vacinação em massa, realizada em 1999, não impediu a proliferação da doença;
II - a população do município é pequena, e ocorre um elevado número de casamentos entre indivíduos dessa região;
III - a vacinação, feita em novembro de 2001, foi seletiva, priorizando pessoas com idade acima de 20 anos, profissionais da saúde, policiais e bombeiros.

Com base em seus conhecimentos sobre esse assunto e nas informações acima, responda:

a) Qual o tipo de agente etiológico envolvido na hepatite B?

b) Qual a característica do agente etiológico que justifica a observação I?

c) Quais as justificativas para as observações II e III, considerando o modo de transmissão da hepatite B?

resposta:a) A hepatite B é causada por vírus.

b) O vírus da hepatite B sofre mutações. A vacina não é capaz de prevenir a população contra as formas mutantes do vírus.

c) O vírus causador da hepatite B é transmitido de forma direta, através de objetos contaminados e de relações sexuais. Esta forma de transmissão não pode ser evitada quando apenas os profissionais que lidam com sangue humano são vacinados.

origem:Ufes-2002
tópico:
Biologia (não classificadas)

sub-grupo:

pergunta:A classe Gastropoda conquistou uma ampla variedade de "habitats", o que certamente tornou esse grupo o mais bem sucedido entre os moluscos. O referido grupo sofreu a mais extensa irradiação adaptativa dentro desse filo.

a) Considerando as modificações que sofreram algumas espécies de gastrópodos, na transição do ambiente aquático para o terrestre, especifique as alterações que se deram no que se refere a:
- concha;
- desenvolvimento reprodutivo;
- local de troca gasosa.

b) Qual o significado evolutivo e ecológico da irradiação adaptativa ocorrida nos gastrópodos?

resposta:a) Os gastrópodes terrestres apresentam conchas menos calcificadas (caracóis) ou ausente (lesmas). Tal fato permite a estes animais de corpo mole, maior capacidade locomotora e de dispersão pelo ambiente.
São organismos monóicos, o que significa maior probabilidade de cruzamento em qualquer encontro de adultos aptos à reprodução. O desenvolvimento é direto, ou seja, sem fase larvária.
Gastrópodes terrestres realizam trocas gasosas através da superfície interna da cavidade paleal. Esta estrutura funciona, efetivamente, como um pulmão modificado.

b) Gastrópodes aquáticos apresentam conchas mais calcificadas o que lhes conferem maior proteção contra o ataque de predadores. Os que não as possuem são, geralmente, venenosos.
No ambiente aquático respiram através de brânquias.
Muitos são monóicos, outros dióicos. A fecundação é externa ou interna, com desenvolvimento indireto (larvas).

As adaptações referidas nos itens a e b justificam a grande irradiação adaptativa dos moluscos gastrópodes. Tal capacidade de dispersão e adaptação também é explicada pelo fato de que estes animais ocupam diversos níveis tróficos nas cadeias e teias alimentares de que fazem parte.

 


anatomia sistema circulatorio