Banco de dados de questões do vestibular perguntas e respostas comentadas
questões de vestibulares
|
 

Questões Ufc-2006

REF. Pergunta/Resposta
origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:Leia o texto a seguir.

"A Doença de Alzheimer (D.A.) (...) é uma afecção neurodegenerativa progressiva e irreversível, que acarreta perda de memória e diversos distúrbios cognitivos. Em geral, a D.A. de acometimento tardio, de incidência ao redor de 60 anos de idade, ocorre de forma esporádica, enquanto que a D.A. de acometimento precoce, de incidência ao redor de 40 anos, mostra recorrência familiar. (...) Cerca de um terço dos casos de D.A. apresentam familiaridade e comportam-se de acordo com um padrão de herança monogênica autossômica dominante. Estes casos, em geral, são de acometimento precoce e famílias extensas têm sido periodicamente estudadas."
Smith, M.A.C. (Revista Brasileira de Psiquiatria, 1999)

Considerando o texto e o histórico familiar a seguir, responda ao que se pede.
Histórico familiar:
"Um rapaz cujas duas irmãs mais velhas, o pai e a avó paterna manifestaram Doença de Alzheimer de acometimento precoce."




I. Montar o heredograma para o histórico familiar apresentado.
II. Qual a probabilidade de o rapaz em questão também ser portador do gene responsável pela forma de acometimento precoce da doença?
III. Quais indivíduos do heredograma são seguramente heterozigotos para esse gene?
IV. Explicar o padrão de herança mencionado no texto.

resposta:I. O heredograma correspondente ao histórico familiar descrito deve ter o seguinte aspecto:




II. 50%
III. Apenas o pai e as duas irmãs mais velhas do rapaz são seguramente heterozigotos para esse gene.
IV. O padrão de herança monogênica autossômica dominante é condicionado por um único gene, não relacionado ao sexo, que se manifesta inclusive em indivíduos heterozigotos, por ser dominante.

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:Leia o texto a seguir.

"A proposta de implantação do projeto de transposição das águas do rio São Francisco fez surgir um grande questionamento quanto ao seu estado de preservação ambiental. Atualmente, constata-se que entre os impactos ambientais mais significativos presentes no rio São Francisco consta a perda de recursos pesqueiros pela ausência de trocas entre o rio e suas lagoas marginais, as quais representam reprodutórios de um grande número de espécies aquáticas".
(SBPC, Encontro internacional sobre transferência de águas entre grandes bacias hidrográficas, 2004).

Conforme o texto, o impedimento definitivo do fluxo hídrico do rio São Francisco para as suas lagoas marginais, devido ao rebaixamento da coluna d água, promove o desencadeamento de um desequilíbrio ecológico. Com a evolução deste processo, algumas lagoas marginais poderão apresentar alterações dos seguintes parâmetros: teor de oxigênio dissolvido, concentração de nutrientes presentes, produção primária, densidade de algas cianofíceas, abundância de microorganismos bentônicos e biomassa de peixes. No gráfico a seguir estão plotadas as concentrações/quantidades dos parâmetros descritos, considerando o tempo "A", como o início da interrupção do fluxo de água para uma lagoa marginal e "B" um tempo avançado de isolamento desta lagoa.




I. Que processo biológico estará predominando nessas lagoas marginais devido ao isolamento hídrico?
II. Os números 1, 2, 3 e 4 indicam os parâmetros que foram descritos e que estão sofrendo modificações em função do tempo. Escreva, a seguir, que parâmetro corresponde a cada número indicado.
III. Qual a principal conseqüência da ausência do parâmetro 4, plotado no gráfico, para o ecossistema das lagoas marginais do rio São Francisco?

resposta:I. Eutrofização.
II. 1. Concentração de nutrientes ou densidade de algas cianofíceas ou abundância de microorganismos bentônicos.
2. Produção primária.
3. Biomassa de peixes.
4. Oxigênio dissolvido.
III. A linha 4 representa o oxigênio dissolvido, cuja diminuição repercute no declínio das comunidades aquáticas, principalmente das populações de peixes, crustáceos, moluscos e demais seres heterotróficos e, também, autotróficos que precisam de oxigênio para sobreviver. Com a morte destes seres, os processos de decomposição se tornarão mais acentuados, havendo a formação de gases tóxicos (sulfídrico e metano), acarretando a extinção da biota aquática e o colapso do ecossistema lacustre. Finalmente, ocorre a extinção da lagoa marginal.

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:Uma espécie de anfíbio apresenta fase larval aquática e onívora e fase adulta terrestre e carnívora. Nessa frase, encontramos os conceitos de:
a) teia alimentar e habitat.
b) biocenose e pirâmide de energia.
c) teia alimentar e nicho ecológico.
d) ecossistema e biocenose.
e) habitat e nicho ecológico.

resposta:[E]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:A competição por um recurso de disponibilidade limitada é um dos pressupostos do conceito de seleção natural na teoria evolutiva de Darwin. Sobre esta declaração, é correto afirmar que é:
a) verdadeira, pois o conceito de seleção natural do organismo melhor adaptado pressupõe que os predadores mais eficazes levem suas presas à extinção.
b) falsa, pois apenas a competição interespecífica por um recurso de disponibilidade limitada contribui efetivamente para o conceito de seleção natural.
c) verdadeira, pois apenas em decorrência da competição por um recurso de disponibilidade limitada é que há a seleção do organismo melhor adaptado.
d) verdadeira, pois tanto a competição intra-específica quanto a interespecífica são comportamentos que apresentam um alto grau de expressividade gênica.
e) falsa, pois apenas a competição intra-específica por um recurso de disponibilidade limitada contribui efetivamente para o conceito de seleção natural.

resposta:[C]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:O filo Arthropoda apresenta uma enorme diversidade de espécies e abrange, entre outros, os táxons Crustacea, Insecta e Arachnida. Com relação a esses táxons, assinale a alternativa correta.
a) Insecta distingue-se pela presença de três pares de apêndices torácicos.
b) Crustacea distingue-se pelo modo de vida aquático.
c) Arachnida distingue-se pela presença de um exoesqueleto queratinizado.
d) Crustacea distingue-se por apresentar o corpo segmentado.
e) Insecta distingue-se pela presença de antenas.

resposta:[A]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:A importância dos manguezais como ecossistemas relacionados à produtividade marinha deve-se:
a) à alta diversidade de fanerógamas, principalmente de espécies com estrutura radicular complexa, que permite a estabilização dos solos costeiros.
b) à baixa oxigenação do substrato e a predominância de bactérias anaeróbicas, responsáveis por processos de liberação de nutrientes.
c) às complexas interações entre algas e fungos, permitindo a ocupação de solos inundados e a decomposição da matéria orgânica presente.
d) à utilização da matéria orgânica por anelídeos, moluscos bivalves e crustáceos, que atuam como decompositores.
e) à grande diversidade de organismos epifíticos, responsáveis pela alta produção de matéria orgânica.

resposta:[B]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:O predomínio das Angiospermas em relação aos demais grupos vegetais relaciona-se:
a) à dupla fecundação, resultado da união de dois anterozóides com a oosfera e o megaprotalo, gerando o endosperma triplóide, permitindo a longevidade das sementes.
b) à alternância de gerações, havendo predominância do ciclo de vida esporofítico e redução da fase gametofítica, permitindo a ocupação de ambientes áridos.
c) ao desenvolvimento de estróbilos, cuja oferta de pólen e outros recursos florais favoreceu a interação com uma grande diversidade de insetos e uma maior probabilidade de polinização.
d) ao desenvolvimento do tubo polínico, permitindo a independência do meio aquático para a fecundação e uma maior estabilidade do sucesso reprodutivo.
e) ao espessamento da parede do ovário, o que favoreceu a especialização em mecanismos de dispersão do embrião e a ocupação de ambientes distantes da planta-mãe.

resposta:[E]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:A liberação dos íons cálcio e magnésio no processo de contração de uma fibra muscular estriada esquelética envolve diversos componentes celulares, exceto o:
a) lisossomo.
b) retículo endoplasmático.
c) sarcoplasma.
d) sistema T.
e) retículo sarcoplasmático.

resposta:[A]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:Assinale a alternativa que apresenta o componente do corpo dos animais cujo constituinte principal é a queratina.
a) Camada dérmica da pele de mamíferos.
b) Endoesqueleto de condrictes e osteíctes.
c) Escamas da pele de serpentes e lagartos.
d) Cutícula dos diplópodes e quilópodes.
e) Concha dos gastrópodes e bivalves.

resposta:[C]

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:As primeiras manifestações da vida vegetal no planeta Terra tiveram lugar em ambientes aquáticos. Organismos procariontes evoluíram para formas eucarióticas, dentre as quais os seres autotróficos alcançaram graus elevados de complexidade biológica. Neste cenário evolutivo, a aparição da sexualidade e da meiose constituiu o fenômeno mais importante para acelerar a evolução orgânica e, conseqüentemente, o desenvolvimento dos distintos ciclos biológicos. A distância entre a singamia e a meiose expressou o desenvolvimento de gerações alternantes de natureza esporifítica e gametofítica.
Considerando que os esquemas a seguir representam ciclos biológicos de uma linhagem de organismos que evoluíram a partir de seres com sistema fotossintético baseado nas clorofilas a e b, analise os diagramas A, B, C e D. Observe a seguinte forma de diagramação:




Ciclo biológico A - Organismo primitivo.
Ciclo biológico B - Organismo com estruturas reprodutivas não diferenciadas.
Ciclo biológico C - Organismo com condições morfo-fisiológicas para que ocorra a polinização.
Ciclo biológico D - Organismo com específico processo de fecundação.

Responda as seguintes questões:
I. Em que grupo de organismos atuais observa-se o ciclo biológico A?
II. No diagrama do ciclo biológico A, os números 1 e 2 representam, respectivamente: _________________ e ____________________.
III. Qual o nome das estruturas indicadas, respectivamente, pelos números 1 e 2 do ciclo biológico B? _________________ e ____________________.
IV. Cite uma função ecofisiológica da estrutura 1 do ciclo biológico C.
V. Comparando os ciclos biológicos C e D, que característica biológica distingue os dois processos de singamia?
VI. Do ponto de vista genético, qual a diferença entre a estrutura 3 do ciclo biológico D e a estrutura 1 do ciclo biológico C?

resposta:A questão examina a evolução dos ciclos biológicos da linhagem de plantas verdes, as quais apresentam sistema fotossintetizante com as clorofilas a e b. Neste tema, é avaliado o conhecimento acerca das fases gametofítica e esporifítica em Clorófitas, Briófitas, Gimnospermas e Angiospermas. Teve-se a preocupação em focar aspectos da morfologia das estruturas reprodutivas, associando-as à respectiva função, assim como revelar aspectos da escala evolutiva dos organismos, em termos de complexidade e ocupação dos ambientes terrestres. Desta forma, esta linhagem inicia-se com as algas verdes, chlorophyta ou clorofíceas, sendo questionados os organismos haplóides, os zoósporos (esporos) e o gametófito. Quanto ao ciclo evolutivo das Briófitas, evidencia-se a proteção do gameta à dispersão em ambientes terrestres e resistência a períodos secos pela existência do esporo, originado no esporófito. Do ciclo evolutivo das Gimnospermas, analisou-se a função da semente, que é a nutrição, proteção e dispersão do embrião. A questão, também, compara o ciclo de uma Gimnosperma com o de uma Angiosperma, quanto à ocorrência de dupla-fecundação nas Angiospermas e à formação de endosperma triplóide, diferindo da semente de Gimnosperma, que possui endosperma haplóide, originado a partir do gametófito feminino.

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:Leia o texto a seguir.

"Quente, seco e perigoso do ponto de vista ambiental. A onda de calor que causou milhares de mortes na Europa em 2003 teve conseqüências também terríveis para o crescimento das formações vegetais(...). Os cientistas constataram que o crescimento das vegetações temperada européias foi 30% menor do que em anos anteriores. Pior do que isso. Em vez de funcionar como sorvedouros de carbono, as plantas viraram fonte. Isso, se repetido, poderá potencializar ainda mais o aquecimento global em termos regionais(...). A expectativa é que novas ondas de calor, como as de 2003, ocorram novamente na Europa, na mesma intensidade, até 2025(...). Episódios quentes e secos, como o de 2003, podem impedir que o continente consiga cumprir as exigências do Protocolo de Kyoto (...)."
Boletim da Agência FAPESP, setembro/2005-11-30 (baseado em artigo publicado na revista "Nature")

Considere o texto e responda:
I. Qual o nome do fenômeno relacionado ao aquecimento global?
II. Como as atividades humanas podem contribuir para agravar esse fenômeno?
III. De acordo com o texto, explique como a vegetação poderia atenuar e acentuar o fenômeno de aquecimento global.
IV. Cite uma das exigências do Protocolo de Kyoto (Quioto).

resposta:I. Efeito Estufa.
II. Nos últimos anos, a concentração de dióxido de carbono na atmosfera tem aumentado cerca de 0,4% anualmente; este aumento se deve à utilização de petróleo, gás e carvão e à destruição das florestas tropicais. A concentração de outros gases que contribuem para o Efeito Estufa, tais como o metano e os clorofluorcarbonetos, também aumentou rapidamente. O efeito conjunto de tais substâncias pode vir a causar um aumento da temperatura global (aquecimento global), estimado entre 2 e 6 °C nos próximos 100 anos.
III. Cooperar com outras Partes no aumento da eficácia individual e combinada de suas políticas e medidas adotadas. Para esse fim, essas Partes devem adotar medidas para compartilhar experiências e trocar informações sobre tais políticas e medidas, inclusive desenvolvendo formas de melhorar sua comparabilidade, transparência e eficácia. A Conferência das Partes na qualidade de reunião das Partes deste Protocolo deve considerar maneiras de facilitar tal cooperação, levando em conta toda a informação relevante.

origem:Ufc
tópico:
Biologia

sub-grupo:

pergunta:Leia o texto a seguir.

"Um exame, ainda que em linhas gerais, do panorama da saúde dos brasileiros ao longo dos últimos 500 anos revela uma história de descaso e sofrimento (...). A varíola teve papel destacado na rápida redução da população indígena, extinguindo tribos inteiras. Os colonizadores logo perceberam essa vulnerabilidade dos nativos e, segundo registros históricos, intencionalmente disseminaram certas doenças entre eles, para diminuir sua resistência aos europeus. No final do século 18, uma violenta epidemia nas áreas colonizadas do Brasil levou Portugal a ordenar uma variolização . Essa medida começava com a infecção de jovens escravos que, se não morriam, ficavam com bolhas de pus pelo corpo. Um pouco desse pus era posto em contato com um arranhão na pele de pessoas sadias, para imunizá-las"
("Ciência Hoje", vol. 28, n¡. 165, pág. 34, 36, outubro 2000).

a) Que categoria de organismos é causadora da varíola?
b) Cite uma característica que identifique essa categoria de organismo.
c) Qual a explicação para a imunização das pessoas com o pus? Que tipo de imunização ocorreu?
d) Qual a explicação biológica para a vulnerabilidade das populações indígenas à varíola?

resposta:a) Os vírus.

b) Não possuem organização celular, sendo constituídos basicamente por uma cápsula protéica em cujo interior existe apenas um tipo de ácido nucléico, DNA ou RNA; não apresentam metabolismo próprio, permanecendo inativos quando fora das células vivas e reproduzindo-se no interior de células vivas, utilizando os recursos da célula hospedeira.

c) A imunização das pessoas com pus deveu-se ao fato deste conter os vírus atenuados, que, quando em contato com um arranhão na pele de pessoas sadias, tinham a capacidade de imunizá-las. Esse tipo de imunização denomina-se ativa e artificial, pois o organismo é estimulado a produzir anticorpos. No caso, o pus contém vírus atenuados, que são incapazes de causar a doença, mas potentes para estimular a produção de anticorpos e induzir a proliferação de células de memória. No outro tipo de imunização, chamada passiva, o indivíduo recebe os anticorpos prontos contra a doença, já que seu organismo não os produziu. É o caso da imunização através da placenta e do leite materno. No entanto a ação desses anticorpos é imediata, iniciando-se logo que entram no organismo receptor, mas desaparecem após algumas semanas ou meses.
d) No caso da vulnerabilidade das populações indígenas à doença, por estarem confinados no continente americano por milhares de anos, os índios não desenvolveram resistências imunológicas contra várias doenças disseminadas pelos europeus, sendo dizimados ao contrair gripe, sarampo, sífilis e varíola.

 


Próxima Página »

Página 1 de 2